Macacão e Ponte rescindem contrato oficialmente; Hugo Ragelli e Eurico retornam ao Cruzeiro

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress

O atacante Alexandro Macacão e a Ponte Preta assinaram nesta quarta (27), de maneira amigável, a rescisão de contrato do jogador. O atleta já havia sido liberado antes para realizar exames no Paysandu SC e, como foi aprovado, passará a defender as cores do time de Belém a partir de agora. A Ponte Preta agradece ao jogador pelos serviços prestados e deseja boa sorte em seus novos desafios.

Também nesta manhã a Macaca definiu o retorno do volante Eurico e do atacante Hugo Ragelli ao Cruzeiro, equipe pela qual ambos vieram emprestados, inicialmente até o final do ano – contudo,os atletas não fazem parte dos planos alvinegros para o restante da temporada. A Ponte Preta também agradece e deseja que os dois jogadores tenham sucesso em seus futuros trabalhos.

Lista”

A diretoria de Futebol da Ponte Preta informa que, diferentemente do que chegou a ser veiculados em algumas mídias da cidade, não existe – nem jamais existiu – nenhum tipo de “lista de dispensa” de jogadores. Todos os atletas que passam pela equipe são profissionais e, como tal, tratados com respeito.

Quando não há mais interesse por uma das partes na permanência, existe uma conversa individual e só quando há uma definição no sentido de uma saída é que ela é oficializada e noticiada. Entender que jogadores que estão treinando em separado – muitas vezes por questões técnicas ou médicas – automaticamente deixarão o time é uma conclusão supérflua e desrespeitosa aos atletas. Por mais que possa haver uma coincidência entre os fatos, concluir isso antes de que algo efetivamente ocorra é uma atitude equivocada e que deve ser evitada até para não desinformar o torcedor em vez de informá-lo.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS