#GORILAXTORO: Com dois de Renato Cajá, Ponte mantém supremacia em Campinas e vence o duelo com o Red Bull; veja os gols

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/VictorHafner

 

A Macaca começou bem a história do novo clássico de Campinas. Com dois gols marcados por Renato Cajá, venceu o Red Bull no estádio Moisés Lucarelli. Com o resultado, a Ponte Preta chega a 14 pontos e assume a primeira colocação do Grupo 2.

O próximo compromisso alvinegro será às 21h30 dessa terça-feira (03) contra o Vilhena no estádio Portal da Amazônia na cidade de Vilhena-RO pela partida de ida da primeira fase da Copa do Brasil. A Ponte volta a campo pelo Paulistão no domingo (08) contra o Mogi Mirim, às 18h30, no estádio Vail Chaves em Mogi, pela oitava rodada do estadual. 

O Jogo:

Jogando diante de 4.215 torcedores a Macaca começou a partida com tudo. Aos 2 minutos Wellington cruzou da direita, mas o goleiro Gabriel Leite saiu bem do gol para evitar que a bola chegasse em Biro Biro. Um minuto depois, Roni cruzou da esquerda e Bruno Silva cabeceou por cima do gol. Logo na sequência, Renato Cajá lançou na área e Biro Biro emendou de primeira para fora. 

Aos 22 minutos Renato Cajá cruzou da esquerda, o zagueiro Fabiano Eller afastou parcialmente e, na sobra, Biro Biro chutou bem para a defesa de Gabriel Leite. Aos 36, Rodinei cruzou da direita, mas o arqueiro adversário tirou a bola da cabeça de Roni. Cinco minutos depois, Biro Biro recebeu na área pela direita e chutou pela linha de fundo. 

Bruno Silva arriscou de fora da área aos 45 minutos e mandou ao lado do gol. Um minuto depois, Rodinei cruzou rasteiro da direita, Biro Biro ajeitou e Renato Cajá tocou por cobertura para abrir o placar no Majestoso. 1 a 0 para a Ponte. Sem tempo para mais nada, o primeiro tempo foi encerrado após um minuto de acréscimo.

Na volta do intervalo as duas equipes retornaram iguais e o Red Bull foi ao ataque primeiro. Logo no primeiro minuto, Lulinha chutou da entrada da área para empatar o jogo. 1 a 1 no placar do Majestoso. 

Aos 7 minutos Renato Cajá cobrou escanteio da direita e Tiago Alves cabeceou para a defesa de Gabriel Leite. Um minuto depois, Biro Biro entrou na área pela direita em velocidade e foi derrubado. O árbitro assinalou o pênalti, que Renato Cajá cobrou e converteu com a perna esquerda. 2 a 1 para a Macaca.

Lulinha arriscou mais uma de fora da área aos 11 minutos, mas dessa vez errou o alvo. Aos 21, Everton Silva cruzou da direita e Matheus foi seguro para ficar com a bola. Quatro minutos depois, Renato Cajá recebeu na área e chutou para fora. A primeira mudança na Ponte aconteceu aos 26, Paulinho entrou no lugar de Roni.

Aos 28 minutos Jocinei cobrou falta perigosa e acertou a trave alvinegra. Dois minutos depois, Renato Cajá chegou até a linha de fundo pela esquerda e tocou de calcanhar para Paulinho chutar travado pela marcação, a bola saiu para escanteio, mas levou perigo. 

O treinador Guto Ferreira fez a segunda alteração aos 36 minutos, Paulinho sentiu dores e teve que sair para a entrada de Josimar. Aos 38, Bruno Silva lançou para Biro Biro entrar na área e chutar, mas o goleiro do Red Bull saiu bem do gol para defender. Um minuto depois, Biro Biro ficou com a sobra da zaga e chutou por cima do gol. 

A terceira e última substituição alvinegra aconteceu aos 41, quando Biro Biro saiu para a entrada de Adrianinho. Aos 45 minutos Fabiano Eller cruzou da direita e Geraldo chutou para a defesa de Matheus. Um minuto depois, Rodinei entrou na área pela direita, mas foi parado pelo goleiro Gabriel Leite. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após cinco minutos de acréscimos.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Matheus; Rodinei, Tiago Alves, Pablo e João Paulo; Fernando Bob, Bruno Silva, Renato Cajá e Roni (Paulinho) (Josimar); Biro Biro (Adrianinho) e Wellington. Treinador: Guto Ferreira.

Red Bull: Gabriel Leite; Everton Silva, Willian Magrão, Fabiano Eller e Romário; Andrade (Allan Dias), Jocinei e Lulinha; Raul (Gustavo Scarpa), Wilson Junior (Geraldo) e Edmilson. Treinador: Maurício Barbieri.
 
Data: 28/02/2015, sábado – 21 horas.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas-SP.
Árbitro: Vinícius Furlan (SP).
Auxiliar: Alex Ang Ribeiro (SP) e João Edilson de Andrade (SP).
Cartões Amarelos: Rodinei e Renato Cajá (Ponte Preta); Andrade (Red Bull).
Gols: Renato Cajá [2] (Ponte Preta); Lulinha (Red Bull).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS