Macaca incendeia o Majestoso e vence o Santos por 3 a 1

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:

PontePress/FábioLeoni

 

O domingo começou muito bem para todos os torcedores pontepretanos. Jogando no estádio Moisés Lucarelli a Ponte derrotou o Santos nesta manhã pelo placar de 3 a 1, com gols marcados por Bady, Ferron e Borges. Com o resultado, a Macaca chega a 31 pontos ganhos e ocupa a 12ª colocação na tabela de classificação.

O próximo compromisso alvinegro será na quarta-feira (16), às 19h30, contra o Goiás no estádio Serra Dourada na cidade de Goiânia pela vigésima sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Quando se enfrentaram pelo primeiro turno do nacional, o jogou ficou no 0 a 0 no Majestoso em Campinas.

O Jogo:

Diante de 8.273 torcedores, a Macaca começou com tudo na partida. Logo aos oito minutos Felipe Azevedo arriscou chute de fora da área e o goleiro Vanderlei espalmou para o lado. O atacante Biro Biro se apresentou para pegar o rebote e tocar para Bady, vir de trás e empurrar para dentro do gol. 1 a 0 no Majestoso.

Aos 14 minutos Bady cobrou falta da esquerda para a área, o zagueiro Ferron se esticou e quase conseguiu desviar, mas a bola ficou com Vanderlei. A primeira chance do Santos aconteceu aos 16, quando Gabriel arriscou de longe e Marcelo Lomba segurou firme. Quatro minutos depois, Ricardo Oliveira recebeu na área e chutou cruzado rasteiro para uma grande defesa do camisa 1 alvinegro.

A Ponte Preta marcou o seu segundo gol aos 22 minutos. Bady cobrou falta da esquerda na área, o goleiro Vanderlei afastou mal e, após bate e rebate na área, o zagueiro Ferron empurrou de cabeça para o fundo da rede. 2 a 0 Macaca.

Aos 24 minutos Lucas Lima acionou Gabriel, o camisa 10 chutou de fora da área e carimbou o travessão. Os visitantes tiveram mais uma oportunidade aos 28, quando Lucas Otávio chutou do bico da grande área e encontrou Marcelo Lomba bem posicionado para agarrar. Logo na sequência, aos 30, o árbitro paralisou a partida para uma parada técnica.

O goleiro alvinegro participou bem da partida mais uma vez aos 35 minutos quando Gabriel lançou para Ricardo Oliveira e Marcelo Lomba saiu do gol para evitar o prosseguimento do artilheiro do Brasileirão. Aos 43, Rodinei foi até a linha de fundo pela direita e cruzou para Felipe Azevedo desviar na trave, no rebote a bola sobrou para Borges e o camisa 9 guardou lá dentro. 3 a 0 para a Ponte.

Aos 48 minutos Daniel Guedes subiu ao ataque pela direita, tabelou com Gabriel e chutou forte para a defesa de Marcelo Lomba. Sem tempo para mais nada, o primeiro tempo foi encerrado após cinco minutos de acréscimos.

Na volta do intervalo o Santos teve a primeira oportunidade do segundo tempo aos 8 minutos com um chute de Gabriel da entrada da área que saiu por cima do gol. A Ponte chegou logo depois com um cruzamento da direita de Bady e a cabeçada de Biro Biro para fora. Aos 10, Zeca cruzou da esquerda para a cabeçada de Gustavo Henrique, mas ele parou em uma defesa espetacular de Marcelo Lomba.

O treinador Doriva promoveu duas alterações logo na sequência com as saídas de Josimar e Borges para as entradas de Elton e Alexandro. Logo em seu primeiro toque na bola, Alexandro lançou para Biro Biro, que bateu na saída de Vanderlei que conseguiu fazer a defesa. Aos 17, Bady cruzou da direita e Ferron cabeceou por cima do gol. 

Aos 22 minutos Felipe Azevedo chegou em velocidade na área e bateu para a defesa de Vanderlei, no rebote ele mandou para fora. Dois minutos depois, Marquinhos Gabriel bateu falta para fora. Assim como aconteceu na primeira etapa, o árbitro paralisou a partida aos 30 minutos para uma parada técnica. 

Com a bola rolando novamente Leandro recebeu na área aos 33 minutos e mandou por cima do gol. Dois minutos depois, Rafael Longuine recebeu na área e chutou forte, mas Marcelo Lomba voou para fazer mais uma grande defesa para salvar a Ponte. Aos 47, Rafael Longuine recebeu na área e descontou para os visitantes. 3 a 1. Sem tempo para mais nada, o jogo foi encerrado após cinco minutos de acréscimos. 

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Fernando Bob, Josimar (Elton), Bady (Juninho) e Felipe Azevedo; Biro Biro e Borges (Alexandro). Treinador: Doriva.

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes (Neto Berola), Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Lucas Otávio, Renato, Lucas Lima e Marquinhos Gabriel (Rafael Longuine); Gabriel (Leandro) e Ricardo Oliveira. Treinador: Dorival Junior.
 
Data: 13/09/2015, domingo – 11 horas.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas/SP.
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).
Auxiliar: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Cesar Augusto Nogueira Junior (SP).
Cartões Amarelos: Josimar, Borges, Fernando Bob, Felipe Azevedo e Renato Chaves (Ponte Preta); David Braz e Daniel Guedes (Santos).
Gols: Bady, Ferron e Borges (Ponte Preta); Rafael Longuine (Santos).

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS