Com gols de Biro Biro e Alexandro Macacão, Ponte vence a segunda seguida: 2 a 1 em cima do Goiás no Serra Dourada, com quebra de tabu de mais de uma década e sequência do adversário em casa; veja os gols

 

 Com um gol de Biro Biro logo aos cinco minutos de jogo e outro de Alexandro Macacão bem ao estilo de garra do jogador, se esticando todo na área aos 35, a Ponte Preta venceu o Goiás na noite desta quarta (16) por 2 a 1 em pleno Serra Dourada. Foi a segunda conquista seguida da Macaca, que quebrou uma sequência de quatro vitórias do time goianiense em casa e um tabu de mais de 15 anos nos quais a Ponte não vencia o adversário no campo dele – a última vitória alvinegra em Goiânia havia ocorrido em 1998.

Com o resultado, a Ponte Preta permanece no 12º lugar, agora com 34 pontos – o mesmo número de ponto do 11º colocado, justamente o Fluminense, que é o próximo adversário alvinegro (em partida marcada para a noite de sábado, 19 de setembro).

O jogo

A Ponte Preta começou o jogo com tudo e mal deu tempo ao Goiás para respirar: logo aos cinco minutos, Felipe Azevedo recebeu lindo passe na área e rolou para Biro Biro, sem goleiro, empurrar com estilo a bola pro fundo do gol. Ponte 1 a 0. Pressionado por estar perdendo em casa tão cedo, o Goiás veio pra cima. Aos 11, a muralha Marcelo Lomba segurou canhão de Bruno Henrique. Dois minutos depois, Ferron brecou descida de Diogo Barbosa.

O time da casa vinha forte, mas a Ponte marcava com precisão. Aos 21 minutos, pela meia direita, a Macaca armou contra ataque e Bady recebeu bom passe de Biro Biro e chutou cruzado, mas a bola não entrou. Aos 22, Gimenez entrou na área pela direita, mas Ferron desarmou. No minuto seguinte, o xerifão alvinegro parou Zé Love e o árbitro anotou falta, amarelando o zagueiro.

Aos 26, em lance de bola parada, o Goiás empatou: Fred cobrou falta colocada no canto direito de Marcelo Lomba, que não teve o que fazer no lance. Animado com o gol, o time goianiense veio pra cima da Macaca. Aos 29, Zé Love tentou, mas a zaga alvinegra cortou. Na sequ~encia, Patrick se jogou na área e o juiz deu amarelo por simulação de pênalti.

Aos 34, boa chance da Macaca:da entrada da área Biro Biro chutou forte e carimbou a zaga. Na sequência, bola levantada na área e Borges subiu pro cabeceio, mas não conseguiu alcançar.  No lance seguinte, Rodinei levou amarelo. No finzinho da etapa inicial Gilson ainda teve boa chance ao cobrar falta na área, mas Paulo Henrique segurou com firmeza.

No segundo tempo, o técnico Doriva tirou Bady oara estreia do recém-contratado Cristian. Logo no minuto inicial, o Goiás veio pra cima: Zé Love ensaiou uma bicicleta, mas a bola foi desviada pela zaga alvinegra, sem perigo pra Macaca. Aos 3 minutos, bola levantada na área e Erik chutou forte, mas Lomba espalmou em bela defesa. Aos seis minutos, Josimar levou cartão amarelo – o terceiro dele – e, pouco depois, se contundiu e deu lugar a Elton.

Pouco depois, em boa enfiada de bola do estreante Cristian, Borges chutou forte, mas a bola foi pra fora. No contrataque, Ferron impediu a finalização do adversário. Querendo a virada, o técnico do Goiás tirou Patrick para a entrada do atacante Liniker. A Ponte continuava marcando forte e o zagueiro Renato Chaves também foi amarelado (também ele tomou o terceiro e é desfalque contra o Fluminense). Aos 21 minutos, Borges deu lugar a Alexandro Macacão. Na sequência, mais um bom lance do meia Cristian, que passou para Biro Biro com rapidez. O atacante tocou de volta pra ele, mas o árbitro marcou impedimento. Na sequência, Bola levantada para Alexandro Macacão na área do Goiás e nova banheira anotada.

A Ponte começou a crescer ainda mais e, em cruzamento de Biro Biro na área, Cristian cabeceou firme, mas a bola foi para fora. O Goiás então fez alteração dupla: saiu Davi para dar lugar a Juliano, e Erik deixou o campo para entrada de Murilo.Minutos depois, novo amarelo pra Ponte e mais um suspenso pra rodada que vem, o lateral Gilson.

Aos 35, lance brilhante de equipe e o gol da vitória. Biro Biro enfiou a bola pra Cristian, que com belo cruzamento de esquerda mandou pra Alexandro marcar se esticando todo: 2 a 1. O Goiás ainda tentou empatar, mas a Ponte manteve a marcação firme e. aos 49 minutos, o juiz apitou confirmando a vitória alvinegra no Serra Dourada.

Ficha técnica

Goiás: Paulo Henrique, Gimenez, Felipe Pitbull, Fred e Diogo Barbosa; Rodrigo, David (Juliano), Patrick(Liniker) e Bruno Henrique; Zé Love(6) e Erik(Murilo). Técnico: Julinho Camargo.

Ponte Preta: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gílson; Fernando Bob, Josimar (Elton), Biro Biro e Bady (Cristian); Felipe Azevedo e Borges (Alexandro). Técnico: Doriva.

Renda: R$ 47.525,00
.Público pagante: 2.322. 

Cartões amarelos: Diogo Barbosa e Patrick(Goiás); Rodinei, Renato Chaves, Ferron, Gílson e Josimar (AAPP). Gols: Biro Biro 5’ e Fred 26’ do 1º tempo. Alexandro 35’ do 2º tempo.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS