Macaca segue para Araraquara e João Pedro afirma: “Estou pronto para estrear e buscar resultado”

Foto: Foto:PontePress/DiegoAlmeida

 

O elenco da Ponte Preta treinou na manhã desta terça (8) e seguiu viagem para Araraquara, onde enfrenta a Ferroviária amanhã à noite, em partida válida pela quinta rodada do Paulistão. O meia João Pedro, que assinou contrato com a Macaca – estava aguardando o término do anterior, com o Athlético – e foi regularizado, conta que está preparado para estrear com a camisa alvinegra nesta quarta, caso o técnico Gilson Kleina opte por ele.

“Venho trabalhando forte há mais de um mês, estou ansioso para estrear e buscar esse resultado, que é importante pra gente. Estiou bem, me sinto fisicamente apto e estou e preparado para jogar”, pontua o atleta.

Sobre o posicionamento em que pode atuar, João diz que fará o que for mais necessário para o esquema tático de GK. “Venho jogando como armador, mas gosto de jogar pelo lado de campo também, posso fazer as duas funções em problema algum. Se eu for a opção, darei meu melhor pela Ponte onde o treinador me colocar. Estar aqui é um sonho realizado, espero fazer um grande ano”, diz.

Depressão superada

João Pedro ficou afastado por meses no Athlético em virtude de um problema comum em todas as profissões, mas infelizmente ainda pouco falado: a depressão. Até mesmo por ignorância, o problema é ainda muito estigmatizado e há quem pense que se trata apenas de uma tristeza que passa naturalmente. Na verdade, porém, depressão é uma doença psiquiátrica crônica que tem como sintomas tristeza profunda, perda de interesse, ausência de ânimo e oscilações de humor. Muitas vezes, inclusive, pode levar a pensamentos suicidas.

“O preconceito sobre a depressão é muito grande. Eu mesmo tinha esse preconceito, não conhecia, não entendia. O primeiro passo é reconhecer que você tem a doença o problema e procurar ajuda. Me abri com as pessoas, tomei a decisão de me ausentar para estar bem com minha família, minha esposa, amigos e bem com o futebol”, diz.

Plenamente recuperado, João Pedro destaca o que significa estar na Ponte para ele. “É uma nova chance na minha carreira. Por tudo que passei, estar em um clube de expressão , de massa, de torcida, centenário…  Estou de volta ao futebol de verdade, num clube grande e fico muito feliz de estar aqui”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS