Primeiro time de futebol do Brasil em funcionamento ininterrupto, primeira democracia racial, único time do interior de São Paulo a disputar as competições de elite do país, Ponte Preta completa 116 anos neste dia 11 de agosto!

Hoje é dia de comemorar um dos grandes marcos do futebol brasileiro. Afinal, se o Brasil é o país do futebol, foi no dia 11 de agosto de 1900 que surgiu em Campinas o primeiro time a praticar o esporte fundado com este fim e que nunca parou de funcionar em 116 anos de existência. Pelo contrário, um time que só cresceu e que a cada ano conquista mais glórias e admiradores não só no Brasil, como também fora dele.

Também primeira democracia racial do esporte (desde a fundação, a Ponte teve atletas e dirigentes negros, muito antes de outras equipes que clamam terem sido as primeiras), a Ponte Preta é hoje de maneira inequívoca uma das maiores forças do esporte do Estado e única equipe do Interior a disputar não só a série A do Brasileirão como também estar na elite no Paulistão e único time de Campinas na Copa do Brasil.

Graças a um bem executado plano para a Base, a Ponte também vem revelando cada vez mais talentos nas equipes mais jovens. SUBs 15, 17 e 20 estão nas primeiras colocações de seus grupos no Paulista, acumulam convocações para a seleção brasileira, disputam competições internacionais e, mais ainda, pela primeira vez em muito tempo há cinco atletas revelados na Base atuando no profissional: Jeferson, Ivan, Léo Cereja, Matheus Jesus e Ravanelli.

As franquias das escolinhas pontepretanas estão em todo o país e os times menores – SUB13 e 14 – também estão se destacando cada vez mais, conquistando campeonatos nacionais  (como a Copa Band) e Internacionais, como a Santos Peñoles, no México, e a japonesa Copa Hitachi. A Macaca também vem se estruturando cada vez mais, tanto do ponto de vista administrativo, logístico e patrimonial, quanto dos profissionais que trabalham no clube. E, financeiramente, a situação do time vem melhorando, possibilitando não só pagar dívidas como, gradualmente, o investimento para a formação de equipes mais competitivas, em busca de um título de grande relevância.

A Ponte foi vice-campeã do Campeonato Brasileiro da série B de 2014, vice-campeã da Copa Sulamericana 2013 (única equipe do interior do Brasil a chegar nas finais desta competição), bicampeã do Interior (2009 e 2013), vice–campeã paulista da Série A em quatro ocasiões (1977; 1979; 1981 e 2008), Campeã Paulista da série A2 em 1969, bicampeã da Copa São Paulo de Juniores (1981 e 1982), campeã do campeonato campineiro nos anos de 1912, 1931, 1935, 1936, 1937, 1940 (invicta), 1944, 1947, 1948, 1951 e 1954, e dona da Taça Cidade de Campinas, em 1943.

Conquistas que devem ser lembradas e valorizadas, com certeza, mas a Ponte quer mais. “Estamos trabalhando sempre por um título maior e temos certeza que ele virá. Temos muito para nos orgulhar nestes 116 anos, mas isso não significa não ter ambições maiores, pelo contrário. Neste dia de aniversário, ficamos felizes em comemorar o fato de que nossa amada Ponte Preta, primeiro time do Brasil, é uma equipe com um grande passado, mas também muito contentes pelo fato de ser um time com um presente digno e promissor, e um futuro  brilhante, vencedor e de ainda mais conquistas”, diz o presidente alvinegro Vanderlei Pereira.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS