Macaca encara o Santos buscando primeira vitória no Paulista

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:

PontePress/GuilhermeDorigatti

 

A primeira partida da Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli neste ano de 2016 vai acontecer às 21h45 dessa quarta-feira (03). O adversário será o Santos e o jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Após a derrota na estreia diante do Oeste, o pensamento de todos é em buscar a reabilitação já nesta oportunidade.

“Fizemos uma estreia difícil, mas vamos tentar montar uma equipe mais encorpada e com jogadores que foram liberados para tentar melhorar. O Santos é uma equipe que manteve 99% do elenco de 2015, o seu treinador e conta com dois jogadores de seleção brasileira. Independentemente dessa dificuldade precisamos olhar a nossa equipe e dar passos para a frente”, diz o treinador Vinícius Eutrópio.

O comandante da Macaca comenta também sobre as possíveis mudanças na escalação pontepretana. “Treinamos diversas possibilidades para não sermos surpreendidos e para deixar os atletas preparados para tudo o que pode acontecer. O Fábio Ferreira foi poupado dos últimos treinos e não sabemos se terá condições de jogo. O Jonas também pode ser regularizado a tempo e isso seria uma surpresa muito boa para nós. Perdemos o Wellington Paulista e ai vem a substituição automática do Alexandro. O João Vitor nós também ganhamos como opção e ele deve iniciar a partida. O Rhayner também está a disposição para esse jogo.”

Os ingressos para a partida estão a venda até o final do primeiro tempo com valor de R$ 10,00 na geral e R$ 50,00 na arquibancada. O jogo entre Ponte Preta x Santos também poderá ser acompanhado pelo Pay Per View do Premier Futebol Clube, pelas rádios esportivas de Campinas (AM 870 e 1170; e FM 99,1) e nas webrádios Macacada Reunida e Ponte News.

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS