Na última partida antes de completar 114 anos, Macaca derrota o Bragantino no Majestoso

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/Victor Hafner

 

A Ponte Preta entrou em campo pela última vez ainda com 113 anos de idade para vencer o Bragantino no estádio Majestoso e pelo placar de 1 a 0 na noite dessa sexta-feira (08). Com o resultado, a Macaca chega a 22 pontos e ocupa a nona colocação na tabela.

O próximo compromisso alvinegro será às 21 horas da sexta-feira (15) contra o Joinville no estádio Moisés Lucarelli. A partida será válida pela 16º rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2014.

O Jogo:

Jogando em casa diante de 4.947 torcedores, a Macaca começou atacando. Aos 4 minutos Cafu carregou pela direita e chutou, mas acertou a rede pelo lado de fora. Aos 19, Adrianinho cobrou falta da esquerda por cima do gol. Um minuto depois, Cafu fez grande jogada pela direita e cruzou a bola baixa, Elton tentou de carrinho, mas não alcançou por pouco. 

Aos 26 minutos Gustavo chutou forte de fora da área e Roberto fez a defesa. Aos 39, Nunes fez a jogada de pivô e ajeitou para Gustavo chutar para fora. Logo na sequência, foi Roni quem arriscou de longe e mandou pela linha de fundo. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo foi encerrado após um minuto de acréscimo.

Na volta do intervalo, a ponte começou atacando novamente. Aos 4 minutos Cafu levou a bola da direita para o meio e tocou para Rafael Costa, o camisa 9 recebeu na entrada da área, ajeitou e bateu no canto do goleiro para balançar as redes pela primeira vez no Majestoso. 1 a 0 para a Macaca.

Aos 8 minutos Roni recebeu na área e brigou com o zagueiro, a bola sobrou para Bryan, mas o lateral bateu por cima do travessão. Aos 20, a Ponte saiu em contra ataque rápido, Rafael Costa lançou para Cafu, carregou e chutou forte, mas parou nas mãos de Renan.  Oito minutos depois, o treinador do Bragantino foi expulso de campo por reclamações excessivas.

O treinador Guto Ferreira promoveu duas alterações na equipe aos 29 minutos, Alexandro e Adilson Goiano entraram nos lugares de Rodinei e Cafu. Aos 35, Sandro chutou forte de fora da área e Roberto defendeu. Um minuto depois, a terceira mudança alvinegra, Rossi entrou no lugar de Adrianinho. 

Aos 39 minutos o auxiliar técnico do Bragantino, que comandava o time após a expulsão de PC Gusmão, também foi expulso de campo pelo árbitro e deixou o comando do time visitante para o preparador físico. Aos 43, Samuel cruzou da esquerda e Cesinha desviou de cabeça para fora. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após cinco minutos de acréscimos.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Roberto; Rodinei (Alexandro), Tiago Alves, Diego Sacoman e Bryan; Elton, Juninho, Adrianinho (Rossi) e Roni; Cafu (Adilson Goiano) e Rafael Costa. Treinador: Guto Ferreira.

Bragantino: Renan; Samuel, Guilherme, Alexandre e Bruno Recife (Bruninho); Geandro, Gustavo e Magno Cruz (Sandro); Cesinha, Luisinho (Erick) e Nunes. Treinador: PC Gusmão. 
 
Data: 08/08/2014, sexta-feira – 21 horas.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas-SP.
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza (SP).
Auxiliar: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Alex Alexandrino (SP).
Cartões Amarelos: Elton, Rodinei, Juninho, Roni e Adilson Goiano (Ponte Preta); Bruno Recife, Magno Cruz, Cesinha e Sandro (Bragantino).
Gol: Rafael Costa (Ponte Preta).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS