Lucca diz que elenco se cobra para melhorar e que Ponte não merece passar por esse momento difícil

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

O atacante Lucca, assim como todo elenco pontepretano, não tem gostado dos últimos resultados da equipe. Sabedor que o time tem condições de conquistar resultados melhores, o artilheiro da atual temporada da Macaca, alerta para o momento difícil. “Temos que ser realistas. Não estamos conseguindo mostrar o nosso futebol, as coisas não estão acontecendo, mas é o momento de bater no peito e assumir a responsabilidade. A Ponte Preta não merece isso, nos dá todas as condições, tenho certeza que todos os jogadores têm que fazer uma reflexão e ver o que está errando, para que possamos sair dessa situação”, avalia o jogador, que rechaça que há falta de vontade.

 

“Não vou aceitar que digam que está faltando vontade, dedicação, até porque quem me conhece sabe que trabalho bastante. O torcedor pode cobrar, falar o que quiser, mas saiba que não vou me omitir em nenhum momento. Estarei sempre dentro de campo, se precisar jogo todas as partidas, boto a minha cara para bater, porque sou desse tipo. Quanto estava bem, todos aplaudiam, agora que está mal todos estão batendo. Todos os jogadores têm que assumir essa responsabilidade e sei que todos que me vaiam, serão os mesmo que vão me aplaudir quando eu fizer os gols. Estou tranquilo e vou entrar em campo com toda serenidade possível”, confia Lucca.

 

O jogador lamentou que os resultados negativos culminaram na saída do técnico Gilson Kleina e agradeceu o trabalho com o antigo comandante.  “Nós jogadores também temos uma parcela muito grande, porque não conseguimos saber lidar com o que o Gilson queria. Não sei explicar, mas eu tenho certeza que ele trabalhou com as convicções dele. Sem duvida nenhuma o Gilson Kleina tem o meu respeito, porque me ajudou, mas futebol é assim: é dinâmico, e quando o resultado não vem, vai tudo na conta do treinador. Mas não só para mim, como para vários, ele foi sensacional”, pontua o atleta, que também elogiou o auxiliar técnico da Ponte, João Brigatti, que deve comandar a equipe contra o Sport, nessa quarta-feira (16).

 

“É um profissional que está querendo aprender. Tá buscando subir na carreira, como todos nos que estamos aqui. Vai dar sua contribuição, tem seu jeito de pensar, cabe a nós assimilar bem e ir para o jogo na quarta-feira em busca da vitória”, reforça Lucca, que acrescenta.  “Temos que melhorar em tudo. Nada vem dando certo. O que muitas vezes tentamos não acontece e o adversário faz e consegue sucesso. Temos que de alguma forma vencer na quarta-feira, buscar a classificação, para que possa dar um animo a mais no Brasileiro e subir na classificação do Brasileiro”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS