Líder e invicta no Paulistão, Ponte enfrenta o São Paulo nesta quarta

 

A equipe da Ponte Preta está embalada neste começo de Campeonato Paulista. Até aqui, foram cinco jogos com um empate na primeira rodada e quatro vitórias seguidas. Entre os jogos que renderam três pontos para a Macaca estão o Corinthians no Pacaembu e o Guarani também no estádio do adversário. Esse rendimento deixou a Ponte na liderança da competição ao lado do Santos, ambos com 13 pontos ganhos.
 
Na busca para manter este bom momento e conquistar a quinta vitória consecutiva, a Ponte Preta enfrenta o São Paulo no estádio do Morumbi às 22 horas dessa quarta-feira (06) em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Paulista 2013.
 
Para o treinador Guto Ferreira, a partida será muito importante para a Ponte demonstrar suas ambições na competição. “Teremos mais um jogo difícil, contra um time que perdeu um clássico, mas todos sabem da qualidade. Estamos em um bom momento, mas não podemos deixar o nível cair. É natural do ser humano dar uma relaxada quando a confiança sobe, mas apenas um momento de vacilo dentro do jogo pode gerar sérios prejuízos. O resultado será importantíssimo, mas o que conta mais é a postura do time dentro de campo”.
 
Para esta partida, a Ponte não terá cinco jogadores a disposição. Renan, Rildo e Rossi estão machucados. O volante Bruno Silva recebeu o terceiro cartão amarelo no último jogo e está suspenso. Já o meia Luis Ramirez, foi convocado pela seleção peruana e está defendendo o seu país. “Mesmo com os desfalques, vamos trabalhar como sempre trabalhamos, acreditando em quem vai entrar, passando tranquilidade. Se o jogador está no plantel da Ponte é por que tem condições. Quem entrar vai fazer o seu melhor. Todos já estiveram em campo, fizeram boas partidas e ajudaram o time até agora. Estou muito tranquilo neste aspecto e espero que possamos repetir o que estamos fazendo nos jogos, a intensidade de marcação, solidez defensiva e qualidade no ataque”, diz Guto Ferreira.
 
O comandante da Macaca fala sobre o momento do time no campeonato e o que espera daqui para frente. “Quando você é um franco atirador, o adversário muitas vezes não se concentra e se prepara o ideal. Quando você passa a ser o time a ser batido, os adversários se preparam ao máximo para essa situação. Se pensarmos em atingir o topo mais alto ao final da competição temos que exercitar esse modelo de jogo que iremos enfrentar e estar acostumados a vencer equipes desse porte”.
 
A partida entre Ponte Preta e São Paulo terá transmissão Ao Vivo das rádios esportivas de Campinas (AM 870, 1170 e 1270), televisão pay-per-view e texto completo aqui no site oficial logo após o apito final. 
 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS