Elenco treina na manhã desta sexta-feira (11) e, recuperado de lesão, zagueiro Leonardo quer mostrar o quanto antes como pode ajudar a equipe

 

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DanielRibeiro

O elenco da Ponte Preta realiza mais um treinamento com bola na manhã desta sexta-feira (11), no Moisés Lucarelli. Esta será a última atividade antes do jogo-treino de amanhã, contra o Mogi Mirim, no estádio Romildão. Recuperado de lesão no tendão de Aquiles e de um desconforto muscular no retofemural, o zagueiro Leonardo voltou a treinar com bola nesta semana e não vê a hora de poder ajudar a equipe da Macaca.

“Neste tempo que fiquei parado vi jogos, treinamentos e fiquei um pouco ansioso querendo ajudar. Eu vim com uma expectativa e acabou acontecendo outra coisa. Mas agora é focar no trabalho, dar continuidade no que foi proposto e poder ajudar a Ponte Preta”, diz.

O atleta que se diz bem adaptado ao clube. “Gosto muito de estar aqui, mas só agora, liberado pelo DM, me enquadro aos meus amigos. E espero fazer bem o meu trabalho, para ajudar o time  nesta Série B”, afirma o zagueiro.

Mesmo com amigos no elenco, Leonardo sabe que a briga pela vaga na defesa titular da Ponte é acirrada. Na sua posição há César, Diego Sacoman e Raphael Silva, além de Luan. Diante da luta pela camisa 3 ou 4, o atleta pode ser um coringa: ele diz que atua tanto pela esquerda quanto pela direita da zaga.

“Será uma briga sadia. Espero ter oportunidade e quando vestir a camisa fazer o meu melhor para se manter na titularidade. Sobre isso quem sai ganhando é a Ponte Preta, que vai contar com dois bons zagueiros no time titular e outros bons na suplência também”, afirma o defensor, que acredita em um Brasileiro complicado.

“Será uma Série B difícil. A Ponte é uma das favoritas a subir e é dentro de campo que tem que fazer por onde”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS