Ponte cumpre TAC com Ministério Público e FPF, que libera Majestoso para jogos em termos de engenharia até agosto de 2016

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DanielRibeiro

Dando prosseguimento à filosofia de concluir com antecedência todas as exigências para que o Majestoso possa sediar jogos normalmente no ano que vem, a Ponte Preta concluiu o Termo de Ajustamento de Conduta com Ministério Público e Federação Paulista de Futebol nos quesitos de engenharia do estádio Moisés Lucarelli. Com isso, a FPF já emitiu parecer de vistoria liberando o estádio nesta área até 22 de agosto de 2016 (a informação foi publicada no site da FPF ontem, confira em http://www2.fpf.org.br/Est%C3%A1dios/Laudos+T%C3%A9cnicos, clicando no item “Moisés Lucarelli”).

“De acordo com o TAC tínhamos 28 obras e intervenções a serem realizadas dentro do estádio para adequá-lo a normas vigentes. Em alguns casos provamos tecnicamente que não era necessário fazer e em todos os restantes, a maioria, realizamos o que foi exigido. Com isso, já temos mais um documento que se soma aos que precisamos para no ano que vem mantermos normalmente nossos jogos em casa, desde o começo, sem nenhum dissabor”, diz o diretor patrimonial Sérgio Lattaro.

Ele relembra que ainda serão necessários outras renovações, de documentos que no momento estão vigentes. É o caso, por exemplo, do laudo da Vigilância Sanitária (que vence em novembro de 2014) e de segurança da PM (que vence em janeiro de 2015),ambos já em trâmite. “Além disso temos que renovar o AVCB e laudo de segurança contra incêndio dos Bombeiros, que valem até 23 de janeiro do ano que vem, mas o TAC que cumprimos também com eles em julho já foi um passo importante neste sentido e estamos com tudo correndo dentro dos prazos”, pontua Lattaro.

Ele relembra ainda que a renovação do alvará municipal de funcionamento do estádio, válida por seis meses, foi concedida no último dia 22 de agosto.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS