Após a vitória e classificação para as quartas do Paulista, Gilson Kleina elogia o empenho dos jogadores e já mira os jogos decisivos que a Ponte terá pela frente

Crédito obrigatório: PontePress

A volta de Gilson Kleina ao comando da Macaca não poderia ser melhor. Jogando fora de casa contra um adversário que precisava do resultado positivo, a Ponte volta para casa com a vitória e a classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista. Para o técnico Gilson Kleina a partida contra o São Bento teve dois momentos distintos.

“Foi importante atingir o objetivo, que era a vitória. Os jogadores estão de parabéns, foi com mérito. Foram dois tempos distintos. Entendo que no primeiro tempo nós tivemos mais o controle do jogo, poderíamos ter ampliado. No segundo tivemos mais dificuldades, mas a  gente veio para conseguir a vitória e a classificação. Transfiro o mérito para todos os atletas que lutaram e correram, com postura agressiva e competitiva. É importante começar um trabalho com vitória, fico feliz e voltamos para Campinas classificados”, diz.

Kleina explica  as variantes durante a partida. “No primeiro tempo tivemos posse de bola e propomos o jogo. O Clayson é um garoto de personalidade, não só pelo gol, chamou o jogo, começou a sofrer as faltas, segurava a bola na frente. E permitiu a aproximação dos jogadores, o Nino, o Ravanelli, o Lucca. Poderíamos ter liquidado no primeiro tempo. No segundo tempo o São Bento veio pra cima, pois precisava do resultado. E fizemos algumas alterações para conter o ímpeto do adversário, o Wenderl entrou para colocar a bola no chão, tocar a bola. E na bola parada conseguimos o gol da vitória”, enfatiza.

O treinador destaca a conversa com toda a comissão técnica e já foca nos trabalhos para preparar a equipe para as quartas de final do Paulista. “Conversei muito com a comissão técnica, com o Brigatti, quis entender como a Ponte vinha jogando. Analisamos os números da Ponte até aqui e pontuamos o que temos que melhorar. Agora é só jogo grande e vamos procurar montar a melhor equipe para evoluir o nosso jogo", pontua.

Kleina fala sobre o que espera para os próximos jogos – a Macaca pega o Palmeiras no Majestoso nesta quarta e depois já enfrenta o Santos nas quartas (os resultados da última rodada irão definir quem fará o último jogo em casa ). " A primeira coisa que temos que fazer é o dever de casa que é a vitória. Vamos mostrar a nossa grandeza, a nossa força nessas partidas finais. Vamos corrigir o que precisa ser corrigido. Se a gente almeja e quer uma história temos que passar por esses jogos finais”, finaliza.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS