Kleina dá a letra para quarta-feira: “Precisamos  transformar transpiração e espírito em resultado”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

A Ponte Preta volta a campo nesta quarta-feira (2), para enfrentar o Novorizontino pela terceira rodada do Paulista, em busca da primeira vitória na competição. O grupo D segue embolado, com a Macaca, Santos e Santo André  todos com um ponto – o Red Bull Bragantino, que ainda não jogou pela rodada, por enquanto é o último colocado sem nenhum – e o técnico Gilson Kleina conquistar um resultado positivo diante da torcida no Majestoso.

“Temos que melhorar nossa execução para podermos ter nossa primeira vitória nesta quarta. Não começamos bem o campeonato, não eram esses os resultados que a gente queria, mas temos que ver o mundo real e de repente fazer um futebol de resultado neste momento, transformar transpiração e espírito em resultado”, diz.

Kleina admite que a Inter de Limeira foi superior em campo no último sábado, razão pela qual o empate conquistado no finalzinho do jogo deve ser valorizado. “Claro que tanto nós quanto nossa torcida queremos vitória, mas quando não se pode ganhar, pelo menos não se perde. O adversário jogou bem e reitero que para nós é um processo, uma equipe sendo construída, ainda com muitas estreias e toda a situação que já relatamos de pouco tempo de preparação sendo impactado por casos de Covid. Mas não estou aqui pra vender dificuldade e sim para tentar solucionar. Não dá para ficar justificando toda hora porque parece que é desculpa. Vamos trabalhar para ter uma equipe mais coesa já neste meio de semana”, afirma.

O treinador enfatiza que a equipe precisa trabalhar no quesito de bola parada, já que está tomando gols assim repetidamente. “Tomamos quatro gols de bola parada nos dois jogos que fizemos até agora. Então precisamos corrigir isso. São questões de ajustes e até de entrosamento. Temos que trabalhar no tempo que a gente tem para tentar melhorar, pois bola parada é decisiva”, alerta.

Ele termina falando sobre a certeza de que o time vai evoluir. “A confiança vem com o resultado. Mas a gente precisa acreditar nas ideias e no trabalho.  Neste último jogo já vimos um elenco aguerrido e entregue, daqui a pouco as coisas vão se alinhar. Então é nesta quarta feira fazer de tudo pra transformar esse um ponto conquistado em casa em quatro e melhorar nosso futebol, pois estou certo que nosso grupo ainda tem muito a crescer e isso vai ocorrer”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS