À disposição de Kleina novamente, Kadu prega concentração total para Ponte Preta vencer a primeira partida fora de casa

Crédito obrigatório:
PontePress/FabioLeoni

O Campeonato Brasileiro de pontos corridos premia a equipe mais regular ao final do ano. Além da dificuldade dos adversários, o torneio, considerado um dos mais difíceis do mundo, é de longa duração, com muitos jogos, o que exige um elenco numeroso e de qualidade para chegar bem até o final. O zagueiro Kadu é prova disso: após se lesionar e ficar três partidas de fora, o atleta viu seus companheiros entrarem e desempenharem um bom futebol. Ele prega como segredo a regularidade ao longo do torneio.

“A gente sempre tem que estar 100%. Ainda mais no Brasileiro que é muito disputado e difícil. Temos que manter a regularidade do início ao fim para terminar bem a competição. Independente de quem entrar a gente sabe que tem que melhorar o futebol fora de casa, manter uma regularidade, pegar como exemplo o jogo contra o Atlético-MG onde tivemos um poder de reação muito legal. O nível de competitividade no elenco é muito grande. Fiquei três jogos fora por lesão. O Rodrigo entrou e deu conta do recado, o Luan entrou bem. Então a gente sempre está treinando forte para quando o Gilson precisar entrar bem”.
 

Kadu afirma que a equipe se cobra para melhorar o desempenho fora do Majestoso. “A gente sabe das dificuldades dessa partida. Eles vão estrear essa Arena. A nossa equipe precisa melhorar o jogo fora de casa. Sabemos da pressão que o Flamengo está. Vamos lá fazer o nosso jogo. Temos uma equipe qualificada, bem montada, tem se defendido bem e vamos fazer isso lá no RJ”, explica.

Kadu lembra da dificuldade do campeonato e prega concentração total para pontuar fora de casa. “O Campeonato Brasileiro não tem favorito. Fomos lá contra o Atlético que era o último colocado e fomos surpreendidos. Ficou a lição. Agora é contra o Flamengo que também vem pressionado. Temos que entrar muito concentrados. O Kleina vem falando para ajustarmos o nosso jogo fora de casa. Temos sempre que buscar pontuar fora de casa. A meta é sempre a vitória, mas se não der que a gente traga um ponto para Campinas”, finaliza.
 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS