Último jogo:
Ituano 2X0 Ponte Preta

Local: Novelli Júnior

Campeonato Brasileiro | 7ª Rodada | 26/05/2024 - 16:00

Próximo jogo:
Ponte Preta X CRB

Local: Moisés Lucarelli

Campeonato Brasileiro | 8ª Rodada | 02/06/2024 - 16:00

Jubileu de Diamante do Estádio Moisés Lucarelli: 75 anos de uma história majestosa

O Estádio Moisés Lucarelli, o Majestoso, completa 75 anos de história nesta terça-feira. A casa da Associação Atlética Ponte Preta, que chega ao seu Jubileu de Diamante, foi inaugurada em 12 de setembro de 1948. De lá para cá, foram quase 2.000 partidas oficiais entre competições e amistosos.


Essa linda história do Jubileu de Diamante começou no final da década de 1930 quando os amigos Olímpio Dias Porto, José Cantúsio e Moyses Lucarelli se juntaram para uma vaquinha com o objetivo de comprar um terreno para o time de coração.

Com 50 contos de réis, eles adquiririam a antiga chácara Maranhão, no bairro Ponte Preta. Na época, havia apenas uma casinha simples no terreno. Ela ficava exatamente onde acabou se determinando que seria o centro do campo.


Negócio fechado, foram necessários quase dois anos de serviços de terraplanagem só para nivelar o terreno que tinha grandes desníveis e até pequenos córregos transpondo a área. O serviço foi executado com máquinas emprestadas pelo governo do Estado.

Com a terra arrumada, mas sem recursos para começar o sonho, o trio teve a ideia de convocar a Nação Pontepretana. Surgia, então, a famosa “Campanha do Tijolo”, que movimentou a cidade por quatro anos com doação de material de construção e mão de obra.

A Pedra Fundamental foi lançada em 13 de agosto de 1944. Os engenheiros responsáveis pelo projeto foram Alberto Jordano Ribeiro, Eduardo Badaró e Mário Ferraris.

Em dias normais da semana, caminhões da Companhia Vieira ficavam parados na rua Barão de Jaguara esperando doações de material. Ao mesmo tempo, eram feitos mutirões nos finais de semana em que a torcida e até jogadores trabalhavam na construção do estádio. Era uma saga que se tornaria marca registrada do clube.


A inauguração oficial do estádio da Ponte Preta aconteceu no dia 12 de setembro de 1948, em partida com o XV de Piracicaba, valendo pelo Campeonato Paulista. O apelido de Majestoso veio do jornalista Fernando Pannattoni, que mantinha a coluna “Campinas Esportiva” no jornal Gazeta Esportiva.


Campinas tinha apenas 140 mil habitantes na década de 1940. E como o estádio previa abrigar 35 mil pessoas, o jornalista classificou o empreendimento como algo Majestoso.


Ao ser inaugurado, ainda sem as torres e toda parte frontal do estádio, o estádio tinha a terceira maior capacidade do Brasil, perdendo apenas para o Pacaembu, em São Paulo e para o São Januário, no Rio de Janeiro.


O recorde de público estimado foi no jogo Ponte Preta 0x2 Santos, em 16 de agosto de 1970, quando 33.500 espectadores viram a vitória visitante por 1 a 0. Porém, segundo historiadores, havia cerca de 40 mil torcedores dentro e mais quatro mil pessoas do lado de fora.

Oficialmente, no entanto, o maior público é Ponte 1×3 São Paulo, em 1 de fevereiro de 1978: 37.274 torcedores, sendo 34.985 pagantes.

A primeira vitória no Majestoso foi Ponte 5×1 Taubaté, no dia 24 de outubro de 1948. Os gols foram marcados por Gaspar (3), Armandinho e Vicente. Só para registrar, na estreia do estádio o placar 3 a 0 para o XV de Piracicaba.

A 1000ª vitória aconteceu no último dia 31 de agosto de 2022: 2 a 0, sobre o Bahia, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Wallisson e Lucca marcaram os gols.

 

Compartilhe em suas redes sociais