Lateral João Paulo passará por tratamento de até quatro semanas para tratar fissura óssea em tornozelo

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

O choque com o jogador do Vilhena-RO na primeira partida da Ponte pela Copa do Brasil trouxe consequências inesperadas para o lateral alvinegro João Paulo. O trauma rotacional decorrente do encontrão causou uma fissura no calo ósseo do tornozelo esquerdo do atleta, que havia se quebrado em outubro passado.

“A pancada foi forte e gerou a fissura, que causa dor e desconforto ao João. Optamos por um tratamento conservador, sem necessidade de cirurgia, e a previsão é que ele fique no Departamento Médico de três a quatro semanas. Finalizado este período faremos uma reavaliação e,correndo tudo dentro do esperado, ele retorna aos treinos”, explica o médico Roberto Nishimura, chefe do DM alvinegro.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS