Já em Chapecó/SC, para confronto deste domingo (18), contra a Chapecoense, Reinaldo destaca força do grupo e revela desejo de permanecer na Ponte

 

Foto: PontePress/FábioLeoni

A equipe da Ponte Preta já se encontra em Chapecó/SC, onde enfrenta nesse domingo (18) o time da Chapecoense. Um dos líderes do elenco, Reinaldo comemorou o rendimento da equipe diante do Grêmio e também por ter conseguido ajudar de forma efetiva.

“Fiquei muito feliz em ter dado assistência, ainda mais no primeiro gol, para dar uma aliviada. E venho me cobrando isso. Nas últimas rodadas não estava conseguindo colaborar muito, mas contra o América consegui jogar bem, não só eu, como todos os meus companheiros”, afirma o lateral esquerdo, que conta o que sobressaiu na equipe diante dos gaúchos.

“Sabemos que contra o América fomos muito abaixo, desorganizados e focamos nesse jogo contra o Grêmio. Foi concentração ao máximo, organização correta a pedido do professor e conseguimos o resultado de 3 a 0. O importante foi a vitória e focar agora na Chapecoense”, reforça.

Reinaldo também ressalta o carinho que tem recebido aqui na cidade. “Aqui em Campinas, desde quando cheguei, venho sendo tratado muito bem por onde eu vou. No açougue que eu vou todos me conhecem e me dão parabéns. E é continuar nessa pegada, porque temos muito a ganhar ainda no Brasileiro”, diz o defensor, que está emprestado à Ponte Preta pelo São Paulo, mas que revela o desejo de permanecer.

“Me adaptei muito bem aqui e já falei para o Gustavo Bueno (gerente de futebol) meu desejo de ficar. Agora é esperar. Não depende só da Ponte, tem o São Paulo também, mas se entrarem em acordo eu pretendo ficar. Minha família também se adaptou e o que for da vontade de Deus eu aceitarei”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS