Já confirmado por Hélio como titular para o jogo de sábado, Caique França analisa a estreia no gol

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

 

Mais do que as belas defesas que fez contra o Grêmio-RS e a confiança que passou ao grupo (e aos torcedores que acompanharam o jogo da Macaca na primeira rodada da série B), o goleiro Caíque França mede o próprio desempenho por um fato inquestionável: o fato de não ter sido vazado. “Fiquei muito contente com a estreia, ainda mais por não ter levado gols. Isso para goleiro é importante, traz confiança. Acho que foi uma boa estreia não só a minha como da equipe inteira, que foi bem equilibrada contra adversário que era muito forte”, avalia.

Revendo o lance do pênalti que o adversário não conseguiu concluir, o arqueiro confirma a impressão que teve na hora do lance. “Hoje em dia tem muito estudo sobre os batedores, o (preparador de goleiros) Lauro sempre manda pra gente estudar e analisar no nosso gruo de goleiros. Vi como o Lucas Silva cobrava, fiquei esperando até o último momento e acho que isso atrapalhou ele”, acredita.

O camisa 12, por sinal, enfatiza a importância da preparação. “Trabalho muito bem feito, o Lauro e o auxiliar dele, o Xau, procuram conversar muito com a gente, passam experiencia, é um trabalho moderno e tenho gostado bastante”, diz Caíque França que, apesar de já ter sido confirmado como titular para a próxima partida pelo técnico Hélio dos Anjos, vê a situação com humildade.

“Trabalho desenvolvido com os goleiros é igual pra mim, pro Ygor e pro Luan, tive uma oportunidade e consegui aproveitar no primeiro jogo. Agora é importante ter sequência e manter a regularidade, para passar ainda mais segurança para o time e aos torcedores. Aliás, nossa torcida nos apoiou o jogo inteiro, cantou até o final, só tenho a agradecer”, afirma.

Ele termina destacando que o fato de a Macaca não ter sido vazada no primeiro jogo e ter conseguido conquistar o primeiro ponto diante de uma adversário forte (e que era apontado como favorito) tem de ser creditado a todo o elenco; “Nosso início de temporada neste ano não foi bom, mas com a chegada do Hélio conseguimos nos ajeitar e não foi só sistema defensivo, mas o time inteiro que marcou e se dedicou no jogo”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS