Hélio dos Anjos se diz angustiado, mas afirma: “Tenho confiança de que dias melhores virão”

Foto:PontePress/ÁlvaroJr

O técnico Hélio dos Anjos lamentou a chance perdida contra o Sampaio Correa nesta quinta-feira, no Majestoso, em uma partida em que ninguém balançou as redes. O treinador está ciente da necessidade de voltar a vencer o quanto antes e manter uma estabilidade na competição para lutar na parte de cima da tabela, e afirma acreditar que isso irá ocorrer.

“A Ponte precisa de resultados, eu preciso de resultado. Estou angustiado com isso, não tem quem cobra de mim mais do que eu mesmo. Mas tenho confiança do que dias melhores virão.  Não perdi a confiança nos jogadores nem no trabalho”, diz o comandante alvinegro.

Questionando pela mídia sobre questionamentos ao trabalho dele, Hélio responde com sinceridade. “Quando não se tem resultado, se questiona trabalho do treinador. Não sou criança no futebol, sei disso e estou aqui porque eu quero e porque clube me quer. Estamos passando por uma situação que preocupa a gente, sim, mas estou com a Ponte e não abro. Quando a Ponte não estiver comigo, não tem problema, é vida que segue. Não tenho amor a emprego, tenho amor a trabalho”, diz.

Ele complementa: “Sabemos das nossas deficiências. A bola tem que entrar, o gol tem que aparecer e se isso não acontece você cria insegurança, gera chances para o adversário.”

O treinador enfatiza que já a partir de hoje inicia as atividades com todo empenho para vencer na próxima rodada. “Vamos nos empenhar para retomar as vitórias nesse jogo do Vila”, diz, acrescentando que deverá contar com a volta de Danilo Gomes e Nicolas para o jogo.

A Macaca seguirá treinando em Campinas diariamente até a segunda-feira, quando deve viajar para Goiás, onde irá enfrentar o Vila.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS