Guto Ferreira e Gustavo Bueno avaliam o jogo contra o Capivariano, já pensam no Corinthians e planejam a sequência da temporada

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:
PontePress/FábioLeoni

 

A Ponte Preta foi derrotada pelo Capivariano na noite dessa quarta-feira (08) pela última rodada do Campeonato Paulista. Como já estava classificada para a próxima fase da competição estadual, a Macaca entrou em campo com um time alternativo, cheio de jogadores que não costumam atuar durante os jogos. O treinador Guto Ferreira faz uma analise sobre a partida e garante que nada saiu do planejamento do time.

“Foi um comportamento extremamente passivo no primeiro tempo, mas isso melhorou no segundo. Quando a minha equipe não está bem, não está marcando forte e não tem o controle da partida eu sempre me irrito. Independente de quem estiver dentro de campo eu quero sempre o melhor. Levamos o gol muito cedo com eles entrando em nossa defesa com uma facilidade muito grande e depois tomamos dois gols em rebotes de escanteio que são situações que nós treinamos. Esse era o risco de escolher essa equipe alternativa, mas esse era o jogo que em poderíamos correr esse risco e foi planejado isso. Agora precisamos fazer o melhor jogo possível contra o Corinthians para avançar”, diz Guto Ferreira.

Apesar do resultado adverso, o comandante alvinegro enxerga o lado bom dessa situação. “Na medida em que você consegue ter leituras de comportamento, você já pode ter um ponto de início para definir situações de futuro e quem merece a oportunidade e quem não merece. As finais do Campeonato Paulista estão ai e depois vem Copa do Brasil e Brasileiro e temos que ter um plantel fortalecido para fazer uma campanha e que possa ter a firmeza de nos ajudar a alcançar os objetivos”, afirma Guto Ferreira.

O Gerente de Futebol da Ponte, Gustavo Bueno, comenta sobre o desempenho dos jogadores nessa partida e sobre as possíveis reformulações no elenco para a sequência da temporada. “Eu acho que futebol é feito de oportunidades. No momento que você tem é importante agarrar. Às vezes a chance bate uma vez e aí que você tem que mostrar que realmente tem condição. Partimos desse principio e esse foi um momento de observação. Há jogadores que responderam, outros que não atingiram as expectativas. Desde o começo do Campeonato Paulista nós estamos dizendo que alguns jogadores, viriam e que nesse estadual traríamos alguns atletas para serem observados. Haverá qualificação do elenco, com contratações e acho que tudo isso faz parte do processo de planejamento da Ponte Preta. Acho que o resultado não agradou ninguém, ficamos muito tristes e internamente temos as nossas decisões. Temos conversado com a comissão técnica e diretoria e tenho certeza que vamos qualificar o grupo para o Brasileiro”, diz Gustavo Bueno, que acredita que essa derrota não irá interferir no jogo diante do Corinthians.

“Independentemente do que aconteceu contra o Capivariano pode ter certeza absoluta que a Ponte vai forte para o jogo contra o Corinthians. O Guto foi muito feliz quando disse que tem a chateação do resultado de hoje, mas isso não vai interferir quanto ao nosso jogo do final de semana. A cima de tudo, que consigamos um bom resultado e quem sabe dar sequência no Campeonato Paulista, pois nosso objetivo é o título, chegando cada vez mais longe.”

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS