Guto Ferreira analisa empate com o Mogi Mirim e destaca: vamos conversar bastante durante a semana e temos que fazer ajustes

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/GuilhermeDorigatti

 

A equipe da Ponte Preta encarou o Mogi Mirim na noite desse sábado (07) em um jogo que reuniu as duas melhores campanhas do interior no Campeonato Paulista. Os dois times entraram com 14 pontos e após o empate por 2 a 2 no estádio Romildão, saíram de campo mais uma vez com a mesma pontuação, 15 para cada um.

“Eu tenho a leitura que o nosso time jogou apenas 30 minutos, porque no primeiro tempo nosso time já caiu e se acomodou. Até criamos algumas situações para matar o jogo, mas quem não mata morre. Ainda bem que não morremos com derrota, porque assim como nós tivemos situações para matar o jogo, eles também tiveram. Vamos conversar bastante durante a semana e temos que fazer ajustes porque não ficou legal, não ficou bem. Fomos intensos, marcamos forte e soubemos criar e utilizar os espaços, mas depois deixamos de marcar na frente e o Mogi Mirim é muito veloz e com espaço eles crescem muito”, analisa Guto Ferreira, que faz questão de destacar a importância de não se fazer terra arrasada após o empate.

“Estamos com cinco pontos de vantagem para o terceiro colocado e forte na briga pela classificação. Acredito que não seja a hora de entrar em parafuso. O empate fora de casa é um resultado bom. O que aconteceu é que mediante aquilo que criamos e construímos na partida sofrer o empate não ficou bom.”

O comandante alvinegro também comenta sobre seu nome ter sido especulado para assumir o time do Santos. “Isso é fruto do trabalho que a gente realiza em vários clubes e logicamente fincando na Ponte Preta com os trabalhos que realizamos aqui. O mercado ventila muitas coisas, mas quando é preto no branco a direção sabe e todos ficam sabendo. O que é ventilado por ai são ideias, mas para as ideias se tornarem ações existe um caminho distante. Logicamente ficamos contente do nosso nome ser lembrado, mas tenho um compromisso com a Ponte e vou continuar realizando o melhor trabalho possível. Temos um projeto que estamos realizando e não vai ser qualquer situação que nos fara sair e deixar isso para trás”, finaliza Guto Ferreira.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS