Contagem regressiva para Orlando: na semana em que time viaja aos EUA, Guto Ferreira fala da importância do jogo contra o time de Kaká, jogador que ele conheceu na Base do SP

 

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/DJotaCarvalho

4,3,2,1…nesta quinta-feira (30) a Ponte Preta embarca para os Estados Unidos, onde enfrentará o Orlando City no sábado, dia 2 de maio, às 20h30 no horário brasileiro. Finalizando a preparação para a minitemporada estadunidense (na qual além do jogo, a Macaca deverá fazer pelo menos dois treinos em solo internacional), o elenco treina na tarde desta segunda-feira no CT do Jardim Eulina, e o técnico Guto Ferreira fala sobre a importância do jogo da Macaca contra os Lions.

“A Ponte Preta se sente honrada em disputar este amistoso contra o Orlando City e, para nós, fazer um jogo internacional neste momento não se trata apenas de dar visibilidade ao time em outro país e sim uma importante preparação para o Campeonato Brasileiro, que disputaremos também a partir de maio”, ressalta o treinador alvinegro.

Na opinião de Guto, a equipe da Flórida será um desafio interessante para o time alvinegro nestes dias que antecedem o início da série A. “O Orlando é um time em ascensão na Liga Americana e tem em seu elenco jogadores experientes. Será um desafio muito importante, inclusive pensando no início do Brsileirão”, diz Guto.

Vale lembrar que o treinador já trabalhou na Base do São Paulo, onde fez um trabalho de grande destaque, e na ocasião conheceu o craque Kaká, hoje no Orlando City.  “Conheci, sim, ele ainda era um menino. Eu era técnico da Base do São Paulo no SUB17, enquanto ele jogava no SUB13”, relembra.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS