Ponte se reapresenta nesta tarde e Guto Ferreira destaca vitória merecida diante do Atlético Paranaense

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/GuilhermeDorigatti

 

Após vencer o Atlético Paranaense na tarde desse domingo (28) por 2 a 1 no Majestoso, a equipe alvinegra se reapresenta para voltar aos trabalhos na tarde dessa segunda-feira (29). O elenco vai realizar treinamento físico e técnico no estádio Moisés Lucarelli sob o comando do treinador Guto Ferreira, que analisa a atuação do time na última partida.

“Eu considero que este foi o jogo mais difícil que fizemos na competição. Tínhamos a partida do Cruzeiro, do Goiás e do Fluminense com muito jogo de contato e dessa vez novamente. A diferença é que nas outras nós empatamos ou perdemos e nessa vencemos de virada. Jogamos no limite, se empenhando de corpo e alma e o resultado final foi muito merecido. Um resultado desses é bom para firmar cada vez mais no psicológico dos jogadores que eles podem buscar um algo a mais. O líder tem 19 e nós estamos com 16 pontos na oitava colocação, além disso, somos talvez a única equipe que de nove jogos fez cinco fora e está correndo no bloco de cima”, comenta Guto Ferreira, que destaca a importância do atacante Biro Biro no atual elenco.

“O Biro Biro chegou neste ano e nós sabíamos do potencial dele, por isso trouxemos. Ele tinha características interessantes que precisávamos dentro de campo, mas com algumas posturas não tão boas no dia a dia. Ele é um extremamente humilde e inteligente, e foi sabendo ouvir e entender o que estamos fazendo para hoje poder viver esse momento e nos ajudar tanto assim. Essa foi a melhor partida dele na Ponte. Mais do que fazer gols, foi um jogador completo nos passes, atacando, ajudando a marcar e correndo. Está crescendo por se preparar muito fora de campo para poder aplicar dentro”, afirma Guto Ferreira.

O comandante alvinegro também fala sobre as expectativas que tem sobre as possibilidades da Ponte na competição. “O nosso campeonato é de manutenção na Série A em primeiro lugar. O nosso campeonato moral para nós da comissão e atletas é correr entre os 10 primeiros e estamos fazendo o nosso campeonato com competência. O que vai acontecer a mais é fruto da entrega e da qualidade com que vamos conseguir jogar esse campeonato. Se disputarmos com extrema qualidade podemos até beliscar uma Libertadores, se jogarmos bem estaremos entre os oito primeiros, se jogarmos mais ou menos ficamos perto dos dez, e dai para baixo começa a cair até não conseguir mais”, finaliza Guto Ferreira.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS