49, 50… Com desempenho de 76%, Guto comemora aniversário e completa meia centena de jogos com a Ponte nesta terça

 

 

Esta é uma semana especial na vida do treinador Guto Ferreira. No último domingo (07) ele completou 49 anos de idade e nesta terça-feira (09) vai comandar a Macaca pela 50° vez, somando as suas duas passagens pelo clube.

“É bem interessante. Completar 49 anos e ter 49 jogos a serviço da Ponte, em um clube tão tradicional e tão grande. É motivo de orgulho, principalmente para nós tendo conseguido nestas duas passagens, resultados importantes. Agora, de nada adianta se nós não conseguirmos nosso objetivo final, que é o acesso. Que tudo isso seja motivo de elevação de alto-estima, confiança, de acreditarmos que nosso trabalho tem uma diretriz correta, e que possamos com tudo isso, com essa confiança e com esse orgulho, que é estar dentro da Ponte Preta, cumprir metas como essa e conquistar a vaga para Série A”, diz Guto Ferreira.

O técnico comandou a Ponte Preta em sete jogos nesta edição do Campeonato Brasileiro e conquistou cinco vitórias, um empate e apenas uma derrota, o que gera um desempenho de 76,19%, melhor do que todos os times da Série B e A, com exceção do Cruzeiro (75%). Na quinta colocação da tabela, a Macaca está apenas um ponto atrás do quarto colocado e dois do líder.

“Os grandes responsáveis são os jogadores. O fato de termos vindo para cá e ter sido bem recebido pela torcida, pela imprensa, e principalmente direção e jogadores. A maneira que trabalham no dia-a-dia, como se entregam, é fantástico. Isso veio em um momento muito importante para nós e essa ascensão rápida só foi possível por causa disso. As ideias são colocadas, mas cabe a quem executa estar extremamente focado, de compreender o mais rápido possível, de ter a coragem de aplicar, ter a confiança e principalmente ter essa força interna que tenho colocado que o grupo tem. Com certeza, e eu falo aos atletas, dos grupos que trabalhei nos últimos tempos, este está entre os melhores nesse sentido. Essa força, essa vontade, de fazer história. Que Deus continue nos iluminando, que possamos conseguir, porque eles são merecedores. Esse grupo trabalha, se cobra e o caminho está sendo aberto da melhor maneira possível. Que bom que possamos nesse caminho, chegar nesse objetivo”, destaca Guto.

O comandante alvinegro, que ao todo, acumula um aproveitamento de 57,14 % levando-se em consideração as participações no Campeonato Brasileiro da Série A 2012 e 2013, Campeonato Paulista 2013, Copa do Brasil 2013 e 2014 e Campeonato Brasileiro da Série B 2014, garante que está sempre em constante aprendizado para se aperfeiçoar.

“A vida é uma troca. Uma troca diária a cada instante. A cada momento se está aprendendo e tem que ter a humildade em aprender. Eu aprendo com os torcedores, dirigentes, principalmente no dia-a-dia com os jogadores. Como eles recebem, passam, o que os faz mais e menos confiantes. Procuro aprender inclusive com a falas de treinadores, que conseguimos buscar nos mais experientes, e as vezes nos mais novos, que podem estar vivenciado algo que nós ainda não vivenciamos. Tem que ter humildade e estar aberto a ouvir críticas, assimilar e poder passar com o coração aberto, fazer com que os jogadores estejam aptos a receber o melhor e tenham a humildade de trabalhar muito, para conseguir fazer o melhor. Quando a sintonia está dessa maneira, com essa energia maravilhosa que tem hoje dentro da Ponte Preta, tudo facilita. Eu peço a Deus diariamente para que a gente não perca esse embalo que estamos tendo e que os resultados continuem acontecendo, porque nós, dentro da nossa cabeça e de todos que estão aqui o objetivo é sim de realizar o melhor e pode ter certeza o torcedor que não estamos medindo forças para conseguir tudo isso.”

Outro fator apontado como primordial para este sucesso é a participação da torcida pontepretana. “Se tem tudo isso é porque essa energia vem de lá de fora. Da arquibancada. E está contagiando dentro. E é uma troca. De dentro para fora e de fora para dentro. Nós ainda nem atingimos e nem chegamos no nosso objetivo, de estar correndo para onde queremos correr. E amanhã é uma grande oportunidade. Por ser dentro de casa. E nós precisamos muito estarmos juntos e o torcedor sabe disso. Juntos nós somos muito fortes. A torcida presente, empurrando, fazendo o que sempre fez. Se tem, nos mais de 100 anos da Ponte, alguém que nunca desistiu do clube foi o torcedor. E isso passa para dentro do campo. E esse pensamento positivo, de vivenciar essa energia, faz com que nos acreditemos. Não podemos nos empolgar em momento algum, porque com essa fé, vamos fazer coisas muito bonitas aqui. Todos juntos. Não é o Guto, os jogadores ou a direção. É todo mundo junto”, finaliza Guto Ferreira.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS