Gustavo Bueno, filho de Dicá, assume como coordenador técnico do futebol alvinegro

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem: PontePress/GuilhermeDorigatti

 

O bom filho à casa torna. Gustavo Bueno, filho do grande ídolo alvinegro Dicá, está de volta à Ponte Preta, agora como coordenador técnico do departamento de futebol da Macaca. “O Gustavo já trabalhou aqui na Ponte e é um profissional de grande capacidade, caráter e que conhece o futebol. Ele vai trabalhar diretamente comigo e vai nos auxiliar a montar uma equipe muito forte, além de dar suporte à nossa comissão técnica”, diz o gerente de futebol Marcus Vinicius.

O próprio Gustavo revela estar muito feliz em assumir a nova posição, na qual promete muito empenho para ajudar a instituição. “É uma satisfação e uma alegria muito grande poder voltar à Ponte Preta, este clube que iniciei minha trajetória toda, primeiro nas categorias de base, depois futebol profissional e na comissão técnica”, diz ele, que deixou este último cargo em 2007 para seguir trabalhando com o então técnico Nelsinho Batista.

“Trabalhei em outros clubes como o Corinthians, América Mineiro, Sport, São Caetano e Ceará. Ninguém consegue o sucesso sozinho e vim para cá para poder ser um elo entre a comissão e a diretoria, dar suporte ao Marcus Vinícius  no dia a dia e ajudar ao máximo para a Ponte Preta voltar a ser a Ponte de sucesso.”

Ele ressalta que, no período em que esteve fora, também buscou uma base teórica o trabalho que desenvolve. “Tive a oportunidade de fazer alguns cursos na área, mas acho que a grande vantagem que a gente tem é ter tido a oportunidade de vivenciar o vestiário, estar no cotidiano de uma comissão técnica. Essa bagagem ao longo do tempo dentro do vestiário ajuda muito na função de coordenador de futebol”, acredita.

O coordenador finaliza deixando claro que a volta dele ao time se dá pelos próprios esforços, sem que isso, claro, olvide a história do pai. “Estou voltando hoje para a Ponte Preta pelos meus serviços prestados no futebol. É evidente que pesa ser o filho do Dicá, que tem uma grande história aqui, e essa história não vai desaparecer de um momento para o outro, mas vim pelo meu trabalho e para trabalhar muito em prol da equipe”, conclui.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS