Goleiro Rodrigo, que defendeu a Macaca na Copinha, amplia contrato com a Ponte até 2019 e é emprestado ao União da Madeira de Portugal

O goleiro Rodrigo, que defendeu a Macaca na Copinha, assinou uma ampliação de contrato com a Ponte Preta por três anos (até 2019)  e, para ganhar mais experiência, foi emprestado ao União da Madeira, de Portugal. “A ideia é que ele ganhe mais cancha. Ele está em um nível muito bom e não seria aproveitado no profissional, onde já temos o  Ivan como terceiro goleiro. Então ampliamos nosso contrato e estamos fazendo este empréstimo ao time de Portugal”, diz Francisco Alvarenga, diretor da base pontepretana.

Caso a equipe europeia deseje comprar o jogador após o empréstimo, consta do contrato valor estabelecido para isso, do qual a Ponte terá direito a 50%. Com 1m96 de altura e grande agilidade para um garoto tão alto, Rodrigo Antunes Miranda tem 19 anos e chegou a Ponte em 2016, vindo do Flamengo. O garoto surgiu na Base do Botafogo-RJ (antes tinha passagens quando criança por Bangu e CFZ) e começou a chamar atenção aos 16 anos, quando foi então contratado pelo Flamengo.

Carioca, em 2014 correu risco de ficar cego do olho esquerdo após se contundir em lance pela Copa do Brasil SUB17 contra o Grêmio. A cotovelada desferida por um adversário resultou em oito fraturas no rosto e uma cirurgia de quatro horas – Rodrigo perdoou o outro atleta, entendendo ter sido um risco do jogo.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS