Conhecedor do futebol mineiro, lateral-esquerdo Gilson projeta jogo complicado contra o Galo, mas mantém confiança em boa fase da Macaca

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

 

Um dos titulares da equipe pontepretana, o lateral-esquerdo Gilson é um grande conhecedor do futebol mineiro. O atleta acumula duas passagens tanto pelo América Mineiro (2011 e 2014) quanto pelo Cruzeiro (2012 e primeiro semestre de 2015), rivais do Atlético Mineiro, adversário da Macaca neste domingo (25). Talvez esse conhecimento possa ser um fator a mais para que o nosso atleta encontre os atalhos dentro do estádio adversário. A dificuldade Gilson sabe que existe, mas confia em mais um bom rendimento da Ponte.

 

“Por ter jogado várias vezes contra eles no Independência, sei que eles procuram dar uma intensidade muito forte desde o início. A torcida apoia muito, e com certeza o estádio vai estar lotado. Temos que estar preparados para segurar essa pressão inicial da equipe deles. E consequentemente, bem postados ali, podemos aproveitar. Eles dão espaços para ao adversário jogar e se estivermos bem concentrados na partida, podemos sair de lá com a vitória”, afirma o defensor, que valoriza o bom momento de sua equipe.

 

“O Atlético está vindo de derrota, mas nós sabemos da força do time deles jogando no Independência. Nós estamos em um momento muito bom também. Esperamos poder realizar uma boa partida. Vamos em busca da vitória. Respeitamos a equipe deles, mas queremos somar pontos”, reforça.

 

Ainda sobre as dificuldades que a Ponte deve encontrar atuando contra o Galo, Gilson acredita que pelo fato do adversário vir de derrota, após o revés de 4 a 1 contra o Sport, o rival de domingo deve atacar desde o início do jogo. “Eles vão encarar essa partida como uma final. Se eles têm a pretensão de serem campeões, não podem mais perder pontos. E nós temos que ter a consciência que será um jogo muito difícil. Eles vão se atirar desde o inicio da partida, e temos que estar bem postados e se tivermos uma oportunidade temos que matar. Acredito que será um jogo aberto, eles vão dar espaços a nossa equipe e quem sabe podemos sair de lá com a vitória”, explica.

 

O lateral prega humildade para a continuidade dos bons resultados. “Nosso objetivo é somar pontos, fazer história na Ponte. Estamos dois pontos do G4 e vamos continuar com nossa humildade, pensando jogo a jogo e quem sabe no final da competição, possamos chegar entre os quatro primeiros. Vamos continuar somando pontos e se no final estivermos no G4 será maravilhoso”, diz.

 

O atleta finaliza elogiando o elenco alvinegro. “Não surpreende porque sabemos da qualidade do nosso grupo. Pode ser levar em conta o orçamento ser menor do que das demais equipes. Mas nosso grupo é qualificado, humilde, que todos se entregam, todos se dedicam e essa é nossa vantagem nos jogos”, completa.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS