Ponte Preta treina na tarde desta terça-feira (30) e Gilson, apesar de bom início da Macaca no Brasileiro, espera que equipe e seu futebol evoluam ainda mais

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

O elenco da Ponte Preta realiza mais um treinamento na tarde desta terça (30), no CT do Jardim Eulina. Está é a segunda atividade do grupo na semana, após a vitória diante do Atlético Paranaense, no último domingo (28). Já com o foco na partida contra o Corinthians, nesta quinta-feira (2), o lateral-esquerdo Gilson revela que espera evoluir junto com o time da Macaca.

“O professor Guto sempre passa confiança. Inclusive, nessa semana tivemos uma conversa particular e ele pediu para não me preocupar muito só com a marcação e, sim, em apoiar, que é uma das minhas principais características. Estou trabalhando para isso. Primeiramente jogando na função de lateral, ali na linha de quatro, cuja primeira função é marcar, mas quero começar a contribuir na parte ofensiva também para que possa sair essa primeira assistência ou gol, pois ainda não marquei com a camisa da Ponte”, diz Gilson, que ressalta o quanto tem se cobrado em render melhor.

 “Até pela minha função de ser um lateral, normalmente chego à linha de fundo e, por falta de capricho, não estou conseguindo dar essas assistências, que é importantíssimo. Estamos vencendo as partidas, mas particularmente me cobro muito. Sempre quando chego ao ataque busco dar uma assistência ou até mesmo marcar um gol. Mas isso faz parte, vai sair ao natural e o mais importante são as vitórias da nossa equipe, e a campanha inicial que estamos fazendo”, acredita.

Sobre o confronto de depois de amanhã contra o Corinthians,  o lateral espera mais um jogo complicado, mas mostra confiança. “Será mais um jogo difícil fora de casa, mas estamos buscando ficar na parte de cima da tabela. Respeitamos os adversários, mas estamos trabalhando para ficar entre os primeiros. Temos muito que melhorar, eu tenho muito a evoluir e com os pés no chão vamos continuar trabalhando com humildade, com a entrega que estamos tendo nos treinamentos em busca de somar sempre mais pontos”, afirma.

Gilson também avalia a semana de clássicos paulistas como um todo. “Temos que pensar em seis pontos. Respeitamos as equipes, sabemos das dificuldades. Vamos enfrentar o Corinthians na casa deles e, no domingo, enfrentaremos o Palmeiras. Nosso pensamento sempre tem que ser positivo. Vamos em busca das vitórias e, se não conseguirmos, no mínimo quatro pontos temos que somar nestes dois jogos”, completa.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS