Fora de casa, Ponte sai atrás, mas empata com gol de Lucca e volta com um ponto para Campinas

Foto: Marcos Freitas / Ag.Mirassol

 

Jogando fora de casa contra o Mirassol, um dos três melhores classificados do Paulistão de 2022, a Ponte Preta saiu atrás, mas empatou com um gol de Lucca e conquistou um ponto importante fora de casa. Com o resultado, a equipe interrompeu uma sequência negativa de quatro derrotas (três no estadual e uma na Copa do Brasil) e chegou aos oito pontos, dormindo na terceira posição da chave D – a um ponto do vice-líder Santos, que joga amanhã.

A equipe do técnico Hélio dos Anjos, que estreou hoje no comando da Macaca, volta a campo no próximo sábado, às 20h30, contra o Água Santa – em partida que será realizada no Majestoso.

O jogo

Em uma partida que começou mais truncada no meio e com os dois times tentando chegar ao gol, a Ponte teve a primeira chance aos cinco minutos, quando Lucca recebeu bola na entrada da área. O camisa 9 abriu espaço e arriscou, mas a bola subiu muito.

Aos 11, Matheus Anjos recebeu de Kevin na intermediária, dominou e tomou falta de Oyama. Anjos cobrou na área, mas a defesa adversária conseguiu cortar. Aos 14, Ribamar cabeceou bola após cobrança de escanteio , mandando para Matheus Anjos, que mandou para a área adversária, mas a zaga cortou.

Aos 16, boa triangulação entre Lucca e Anjos, passando a bola para Leo Naldi chutar colocado no gol, mas a defesa adversária cortou de cabeça. Aos 25, mandou bola na área, Ribamar tentou pegar e não alcançou e ela acabou batendo no pé de apoio de Matheus Anjos e indo para trás. Aos 27, susto na área pontepretana, com Fabrício Daniel mandando uma bola no travessão de Ygor Vinhas após cobrança de escanteio de Camilo.

Aos 33, Lucca foi atropelado por Rodrigo Ferreira, mas o juiz não marcou nada. Aos 44, Oyama pegou bola na área e chutou forte, mas Ygor Vinhas fez defesa segura. Aos 43, Ribamar recebeu bola no meio do  campo e levou falta. No minuto seguinte, quase saiu o gol da Ponte. Jean Carlos cruzou na área e Fessin cabeceou. A bola bateu no travessão e voltou para Lucca, mas o camisa 9 estava sem ângulo e chutou para fora.

Aos 48, Jean Carlos saiu em contra0ataque e foi parado com falta de Neto Moura. Matheus Anjos cobrou na área, mas a zaga adversária cortou e, na sequência, o juiz apitou o final do primeiro tempo. Na etapa complementar, logo aos dois Rodrigo Ferreira soltou uma a bomba contra o gol de Ygor Vinhas, que fez boa defesa.

Aos cinco, bom lance da Macaca, com Leo Naldi. Depois de troca de passes, Matheus dos Anjos recebeu e levantou na área. Lucca cabeceou, mas o camisa 1 adversário pegou. Aos oito, gol do Mirassol. Pará cruzou na cabeça de Zeca, que cabeceou para o gol e Ygor não alcançou. 1 a 0.

Aos dez, Matheus Anjos cobrou escanteio, Ribamar fez o desvio e mandou para o meio do gol, mas Darley fez a defesa e evitou o empate. Aos 19, a Macaca empatou. Em sua primeira participação, Norberto fez um cruzamento perfeito para Lucca empatar, de cabeça. 1 a 1.

Aos 25, Niltinho arriscou de fora da área, mas o goleiro defendeu. Aos 35, a Macaca pressionava o Mirassol e em dois ataques ganhou escanteio, mas o time da casa se defendia bem. Aos 39, contra-ataque de Niltinho foi parado com falta.

Aos 40, quase sai a virada. Pedrinho fez bom lance, se livrou de Oyama e cruzou na área. Marcos Jr chutou e mandou a bola perto da trave adversária. Na sequência, Pedrinho foi parado com falta de Oyama. Aos 47, Pedrinho foi parado com nova  falta, mas o juiz não deu. Aos 49, a arbitragem apitou o final do jogo, com tudo igual no placar: Mirassol 1 x Ponte Preta  1.

Ficha do jogo

Ponte Preta: Ygor Vinhas; Kevin, Fabrício, Thiago Lopes e Jean Carlos (Norberto); Léo Santos, Léo Naldi (Marcos Jr) e Matheus Anjos (João Pedro); Fessin (Niltinho), Ribamar e Lucca (Pedriho). Técnico: Hélio dos Anjos.

Mirassol: Darley; Rodrigo Ferreira, Lucão, Thalisson Kelven e Pará; Luís Oyama, Neto Moura (Daniel) e Camilo(Luiz Fernando); Negueba, Zeca (Rafael Silva)e Fabrício Daniel (Rafael Oiler). Técnico: Eduardo Baptista.

Gols: no segundo tempo, Zeca aos oito, e Lucca aos 19 minutos.

Arbitragem: Douglas Marques das Flores apitou, com Danilo Ricardo Simon Manis e Vladimir Nunes da Silva como assistentes. O quarto árbitro foi Paulo Sergio dos Santos.

Cartões amarelos: Léo Santos, Lucca, Thiago Lopes (Ponte Preta). Oyama (Mirassol)

Jogo válido pela nona rodada do Paulistão, disputado no Estádio Municipal de Mirassol

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS