No final da preparação, Ferron espera jogo difícil contra o Figueirense e briga até o fim por vaga no G4

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:

PontePress/FábioLeoni

 

A equipe da Ponte Preta realizou treinamento técnico na manhã dessa segunda-feira (16) no Centro de Treinamentos do Jardim Eulina dando sequência à preparação para enfrentar o Figueirense na próxima quarta no estádio Moisés Lucarelli. Sem jogar no final de semana, a Macaca acabou perdendo uma posição na tabela para o Cruzeiro que venceu o Sport.

“O campeonato é muito disputado. O Cruzeiro, há um tempo, estava brigando para se manter, mas sabíamos que poderia chegar pela grandeza do clube. Por outro lado teve ao mesmo tempo a derrota do Sport que também esta no bolo. Acredito que se mantivermos essa toada, vencermos em casa e buscar algo fora vamos chegar à última rodada na briga. Essa disputa acirrada permanece tanto na parte de cima quanto na de baixo”, diz o zagueiro Ferron, que espera um jogo disputado na quarta-feira.

“Vai ser uma partida muito difícil. O Figueirense está em uma situação complicada no campeonato, mas é uma equipe qualificada e que vai jogar a vida deles pela permanência, precisando de um bom resultado aqui. Nós também queremos algo na competição e acredito que vamos fazer um grande jogo para ainda poder brigar por algo nessa reta final.”

O zagueiro, que estava na equipe catarinense antes de retornar à Ponte, conta como vai ser enfrentar os antigos colegas. “Isso é coisa do futebol. Eu não tive muito espaço lá no Figueirense por conta do pessoal que estava jogando que estava bem e por eu ter uma lesão quando eu ia entrar na equipe. Acho que no fim foi bom, porque tudo isso conspirou para eu voltar para a Ponte. Eu passei algumas coisas de individualidades dos atletas deles para o Felipe Moreira e a amizade fica do lado de fora. Quando a bola rolar não vou ter medo de chegar junto neles não”, brinca Ferron.  

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS