Felipe Moreira lamenta resultado adverso contra o São Paulo e foca no trabalho para que reabilitação ocorra já na quarta-feira (15)

Foto:PontePress/RaulSauan

Após o revés diante do São Paulo nesse domingo (12), o técnico Felipe Moreira fala o que acredita ter acontecido para a Ponte, após ter aberto placar, ter acabado sofrendo a dura derrota diante do rival paulista. Apesar do resultado adverso, o treinador pondera que o time vinha de duas vitórias e que, mesmo o time precisando de ajustes, não se deve jogar fora tudo o que foi feito de bom.

“Tanto na vitória, quanto na derrota, nós temos que estudar o que aconteceu. Tirar lição do que nós erramos. Começamos o jogo com uma estratégia, o time fechado, sabíamos que o São Pualo iria tentar entrar por dentro e iríamos tentar roubar essa bola e sair em velocidade, como foi feito o nosso gol. Tivemos mais uma oportunidade com o Lucca, logo em seguida, em que podíamos ter feito 2 a 0. Ai o São Paulo cresceu no jogo, a torcida empurrou e começamos a afastar muito nossos volantes”, diz.

Felie complementa dizendo que o adversário então conseguiu pressionar a saída de bola com Cícero e Thiago Mendes, e a Ponte ficou muito atrás. “Então eles fizeram o primeiro gol em uma bola espirrada e depois foi um volume muito grande do São Paulo, e não conseguimos pressionar quem dominava a bola, para que não ditasse o ritmo do jogo. Agora é estudar o que erramos, ver os vídeos, temos um jogo na quarta-feira e é importantíssimo nos recuperar”, afirma .

O técnico amplia um pouco mais a análise. “Tentamos os três volantes com uma saída rápida, com o Lucca por dentro, o Clayson de um lado, depois o Lins e o Pottker do outro. Tanto que iniciamos muito bem o jogo. Se o Lucca tivesse feito o segundo gol poderíamos ter tido um resultado diferente, mas infelizmente as coisas não aconteceram. Quando o time perde, todos perdem, e agora, repito, é  ver o que aconteceu e estudar bastante para fazer um grande jogo na próxima rodada”, reforça.

Ainda sobre o jogo, Felipe explica porque mudou o sistema que vinha utilizando para a partida de ontem. “Fizemos dois jogos, com duas vitórias atuando no mesmo sistema. Mudamos contra o São Paulo para ficar um pouco mais rápidos na frente. O jogo ao todo não foi bom, mas em algums momentos, principalmente no início, tivemos chances de ampliar o placar. Porém aconteceram erros que temos que corrigir e no segundo tempo entramos abaixo do que vínhamos fazendo. Também há muito mérito do São Paulo que conseguiu ir para cima, teve uma dinâmica de passe muito rápida e dificultou muito para nós. Mas bola para frente, cabeça erguida. Quando ganhamos não é tudo bom e quando perdemos também não é tudo ruim”, diz o comandante, que não descarta mudanças para o jogo de meio de semana.

“Vamos ver quem está mais preparado para quarta-feira e arrumar o time o mais rápido possível. O nosso caminho está certo. Vínhamos de duas vitórias, infelizmente tivemos erros, mas vamos corrigir o que não deu certo”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS