Treinador Felipe Moreira faz balanço da temporada alvinegra, valoriza torcedores que estão sempre presentes e já começa planejamento para 2016

 

Crédito obrigatório para reprodução da imagem:

PontePress/FábioLeoni

 

A temporada 2015 já acabou e a Ponte Preta terminou o Campeonato Brasileiro da Série A com 51 pontos, marca que faz a campanha desse ano ser a melhor da história alvinegra no Brasileirão de pontos corridos. “O balanço dessa temporada foi positivo. Todos os times que subiram do ano passado voltaram para a Série B, menos a Ponte e isso não é fácil. Você vir da Série B para um primeiro ano na A, com o orçamento muito menor do que os outros é muito difícil. A campanha foi maravilhosa e ninguém pode falar algo diferente. O time da Ponte hoje ser o 11º melhor do Brasil é uma campanha sensacional. Conseguimos o nosso primeiro objetivo diante do Palmeiras sete rodada atrás e as vezes parece que estávamos para cair até o final. É preciso valorizar a campanha e tudo o que foi feito”, diz o treinador Felipe Moreira.

Outro ponto que mereceu destaque do comandante alvinegro foi a participação dos torcedores fieis da Macaca, que realmente comparecem nas arquibancadas do estádio Moisés Lucarelli para incentivar o time. “Temos que valorizar quem vem ao estádio e torce pela Ponte Preta. Todos os jogos vemos que são as mesmas pessoas que vem e eles tem que ser valorizados. A Ponte Preta só vai ser mais forte ainda com a presença da torcida. Temos que unir forças de todos, diretoria, comissão, jogadores, torcida e imprensa para a Ponte continuar crescendo, para chegar no ano que vem e brigar por títulos e campanhas boas”, afirma Felipe Moreira, que analisa a atuação pontepretana na última partida do ano diante do Sport.

“Foi um jogo praticamente da Ponte Preta. Tivemos um primeiro tempo em que criamos de cinco a seis chances de gol. No segundo tempo mantemos a posse de bola e continuamos criando mais. Em um chutão e um lance que, em minha opinião, foi falta do Diego Souza no Fábio Ferreira, eles fizeram o gol. No geral, a Ponte manteve o controle do jogo, buscando a toda hora o resultado, mas infelizmente não conseguimos reverter essas chances em gol.”

Com o fim de mais um ano, agora o pensamento de todos no clube está apenas no planejamento visando ao ano que vem. “Graças ao nosso trabalho bem feito já conseguimos iniciar o planejamento a nove ou sete rodadas atrás. O próprio planejamento desse jogo contra o Sport já foi visando 2016, já que utilizamos alguns jogadores que não vinha jogando para podermos ver a performance deles dentro de campo. Fora isso, estamos analisando diversos jogadores que interessam a Ponte e vendo os números deles, as atuações, histórico de lesões e trabalhando em uma lista de nomes. Vamos correr atrás da manutenção de alguns nomes do nosso elenco e na negociação com novos atletas”, finaliza Felipe Moreira.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS