Após empate contra o Linense nessa quarta-feira (22), Felipe Moreira analisa partida e foca na sequência de jogos para buscar 1º lugar do Grupo D

 

Foto: PontePress

A Ponte Preta esteve duas vezes em vantagem no placar, na noite dessa quarta-feira (22), contra o Linense, em Lins, mas faltando poucos minutos para o fim da partida, a equipe mandante empatou o marcador em cobrança de pênalti. Com o resultado final em 2 a 2, o técnico Felipe Moreira avaliou o desempenho do time nessa partida da 5ª Rodada do Paulistão.

 

“Foi um jogo de muita disputa física, mas Ponte em quase todo o momento teve o controle do jogo. Oscilamos nos vinte primeiros minutos do primeiro tempo, até a uns 35 minutos, onde perdermos o Artur, entrou o Emerson e ocorreu o lance do pênalti. Mas depois o Emerson superou isso e foi muito bem no jogo. Criamos muitas chances de gol, saídas rápidas, com ataques de quatro contra dois, cinco contra três e não conseguimos marcar. E no 2 a 1, com o jogo controlado, infelizmente em uma fatalidade houve o empate”, disse o treinador, que também explicou as substituições realizadas na partida.

 

“Onde a Ponte for ela tem que buscar a vitória e em Lins não foi diferente. Em um momento que o Clayson sentiu um pouco, coloquei o Ramon na frente para brigar, onde poderíamos criar jogadas laterais, enfiando bolas pelo alto. Foi uma alteração para aumentarmos o placar, pois se fizéssemos 3 a 1 matávamos o jogo. Seguramos um pouco, pois a seqüência de partidas está sendo longa, com quatro jogos fora e dois em casa, sendo com três viagens longas. Segurei a última substituição, para ver quem suportaria mais o jogo. Quando iria fazer uma alteração infelizmente saiu o gol e coloquei o Ravanelli para fechar o meio e tentar uma saída rápida. Tivemos outra oportunidade com o Pottker, mas infelizmente ficamos no empate”, afirmou Felipe.

 

Com mais um ponto somado na competição, a Macaca ocupa atualmente a 2ª colocação no Grupo D, cinco pontos atrás do Mirassol, que lidera a chave, que ainda conta com Santos, em 3º, com um ponto ganho e Audax, que soma 4 pontos.

 

“Temos que fazer o dever de casa. Estamos em segundo lugar no grupo, mas vamos em busca do primeiro. Dependemos apenas de nós. Entramos muito forte. Dos próximos cinco jogos, quatro são em casa e vamos atrás dos resultados positivos”, destacou o comandante, que para o próximo duelo, contra o São Bernardo, no sábado (25), às 19h30, no Moisés Lucarelli, não poderá contar com os laterais Artur e Jeferson ,que se recuperam de contusão.

 

“O Departamento Médico explicou que o Artur teve um pequeno edema e preferiram tirar o jogador dessa partida e aguardar para semana que vem. O Jeferson também deve voltar na próxima semana. Já iniciou a transição e em breve deve estar junto ao grupo”, completou.

 

Notícias Recentes

NOTA DE ESCLARECIMENTO: IVAN

A Ponte Preta informa que, diferentemente do que foi divulgado pelo site Futebol Interior, a Ponte Preta possuí 100% dos direitos econômicos do goleiro Ivan e nem poderia ser diferente, uma vez que a FIFA não permite a transmissão

Leia mais »

REDES SOCIAIS