Felipe Moreira comemora vitória diante da Ferroviária e destaca garra dos atletas e apoio da torcida

Foto:PontePress/FábioLeoni

Após a primeira vitória da Ponte pelo Paulistão 2017, o técnico Felipe Moreira avalia como positivo o trabalho feito na vitória diante da Ferroviária, pelo placar de 2 a 1. Para o treinador, que já segue nesta segunda (6) com a equipe para Campina Grande após o treinamento da manhã (para a estreia na Copa d Brasil na quarta-feira), a força de vontade dos jogadores – aliada ao apoio da torcida pontepretana – foi fundamentais para que a vitória acontecesse.

“Desde 2008 não estreamos pelo Paulista com vitória, o que mostra como é difícil começar um trabalho. Foi o primeiro jogo do campeonato e vi um time um pouco nervoso, ansioso para vencer, e quero enaltecer a torcida da Ponte: nos apoiou a todo momento, incentivou o time e isso fez o nosso time crescer mesmo depois do gol que tomamos. É importante que os torcedores estejam sempre juntos com o time, faz parte do processo”, afirmou o técnico, que analisa a partida como um todo.

“O jogo começou um pouco lento e nós, um pouco inseguros. A Ferroviária já tem um tempo a mais de trabalho e criou dificuldades. Eles já haviam feito um bom jogo contra o Corinthians e repetiram nesse domingo. O adversário dificultou para nós e, após tomarmos o gol, nós melhoramos. O Ravanelli teve um pouco de dificuldade em trabalhar por dentro, o Ramon teve que levar um pouco a linha para frente, para criarmos espaços para trabalhar. Contudo crescemos e as substituições entraram muito bem. Eu trouxe o Lucca para dentro e ele é um excelente finalizador. Infelizmente tivemos a lesão do João, mas o Jadson fez muito bem a função. Essa é a importância de ter um grupo com todos no mesmo nível”, explica.

Felipe Moreira destaca que o time foi bem, mas ainda tem muito a melhorar, razão pela qual vai mostrar aos atletas em vídeo tudo o que aconteceu de positivo e negativo na partida. E entre os pontos de destaque, Felipe aponta o empenho dos atletas. “A entrega do pessoal foi maravilhosa. Nós conversamos sobre vários aspectos: posicionamento, bola parada, mas a única coisa que não podemos abrir mão é nossa vontade dentro de campo. É isso que a Ponte Preta cobra, essa entrega dos jogadores, e nesse jogo não faltou isso”, avalia.

Felipe também fez questão de enaltecer individualmente alguns atletas. “O Clayson é um excelente jogador. Ele entrou comigo em 2015 no lugar do Biro Biro, que era o jogador mais importante da equipe da época, e foi muito bem. É um cara excepcional. No meio do campeonato do ano passado nós perdemos ele, tivemos que substituir e acabamos com resultados negativos. Ele é muito importante para o grupo. Tanto ele quanto o Lins, o Jadson e o Jeferson entraram muito bem e fizeram a equipe da Ponte crescer”, diz o comandante alvinegro, que acrescenta.

“Ficou registrado que o Pottker é um cara sério. Está focado e ama esse clube. Foi intenso a todo momento e ninguém pode ter dúvida dele. O treino foi pautado a semana inteira nessa bola longa nas costas da linha, para o Pottker e o Lucca entrarem em velocidade. É importante nós passarmos nos treinos e os atletas fazerem no campo. E o Pottker não vai deixar de dividir. Ele está muito bem na Ponte e gosta de trabalhar aqui”, ressalta o técnico, que também fala um pouco sobre o trabalho de Jeferson (lateral-direito de origem, que atuou ontem pela esquerda).

“O Jeferson é a cara da Ponte Preta. Ele entrou comigo na minha estreia contra o Palmeiras, em 2015. E o Gabriel Jesus estava do lado dele e ele foi perfeito. Ganhou a confiança do grupo, nunca desiste, luta e está se adaptando bem na lateral esquerda”, diz.

O treinador finaliza falando da satisfação com a conquista dos três pontos. “Fiquei muito feliz. Começar na Ponte Preta, onde a minha família tem história, desta maneira positiva. Cheguei em casa e vi o sorriso do meu pai, do meu filho, depois dos meus amigos, que também são na maioria pontepretanos. Eu tenho muita vontade de trabalhar nesse clube e fazer o melhor. Eu já estive muito na arquibancada torcendo pelo time, como a torcida faz hoje, e vou me desdobrar para dar sempre o melhor para a torcida e para o clube.”

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS