Ponte Preta treina na manhã desta sexta (30) e Felipe Azevedo está de volta após se recuperar de dores musculares

Um dos desfalques da equipe na última rodada, o meia-atacante Felipe Azevedo volta a estar à disposição do seu xará, o técnico Felipe Moreira. O atleta está recuperado das dores musculares que o deixaram fora da partida contra o Atlético-MG e se diz pronto para o combate. “Não estou totalmente sem dor, mas sabemos que é normal, pelo desgaste dos jogos. Conversei com o pessoal da fisioterapia, com o departamento médico, e era importante dar uma segurada nessa última partida, pois poderia gerar algo pior. Mas como consegui tratar e descansar, já estou recuperado”, afirma o jogador, que explica o cansaço muscular por conta da forma dele atuar, que é com muita velocidade.

 

“É uma característica que eu tenho e isso gera muito desgaste. Não consigo jogar e não me doar, correr e ajudar com toda intensidade. Estou fazendo uma parceria muito legal com o Rodinei ali pelo lado direito. Lá no Sport também jogava muitas partidas durante o ano, tinha essa regularidade e o desgaste é normal. Eu me recupero, tento me alimentar da melhor forma, para poder suportar”, reforça o meia-atacante.

 

Felipe também se mostra feliz com a repercussão que tem tido sobre seu trabalho no clube. “É o reconhecimento pelo trabalho que estamos fazendo. Todo jogador busca isso, de alguém falar bem do nosso trabalho. E venho buscando essa regularidade. Acredito que o Gustavo Bueno me trouxe para cá sabendo dessa minha característica, junto com o Guto, na ocasião. Estou feliz pelo que venho fazendo no Campeonato”, diz o jogador, que não quer mais saber de ficar de fora do time.

 

“Nós roemos o osso, que foi essa luta por estar nessa situação. Agora é a hora do filé mignon. Está todo mundo olhando a equipe da Ponte Preta, todos aqui em evidência. Estão vendo a nossa luta pela Libertadores, que é uma coisa real para nós hoje. Agora eu não quero ficar de fora de maneira alguma. Quero jogar todas as partidas até o final e conseguir ajudar a Ponte Preta a ficar mais bem colocada possível”, garante Felipe, que ressalta o quanto o trabalho do treinador tem sido importante nessa boa fase da Macaca.

 

“O Felipe Moreira faz um trabalho que eu gosto muito. É simples e objetivo dentro do futebol. Acho que não pode ser com lenga-lenga, com linguagem difícil. Jogador gosta da coisa bem objetiva e ele trabalha dessa forma. Ele vem trabalhando bem a equipe, treinando bem, o grupo é muito bom. E o Felipe é um cara que vai crescer muito no futebol. Ele tem uma cabeça muito boa, conversa com todos e isso dá tranquilidade para nós trabalhamos”, afirma.

 

Voltando ao próprio trabalho, o momento positivo do atleta fez com que a permanência dele já seja dada como certa para a próxima temporada. “Minha esposa está grávida, eu sou aqui de Piracicaba, então estar perto da família é algo que pesa muito. Conversei com o Gustavo para acertamos minha permanência, fazendo um pré-contrato para o ano seguinte. Acho que é uma segurança para mim e para a Ponte Preta também. Tenho certeza que faremos um grande Campeonato Paulista. Estou feliz e acredito que muitos também estejam pelo que venho fazendo”, revela.

 

 Felipe finaliza dizendo que tem perspectivas boas ainda para esse ano. “Quero poder ajudar mais. Temos  seis jogos. Quero fazer mais gols, é algo que me cobro a cada dia, mas sei que a função que eu faço é complicada. O balanço é positivo. Aqui as coisas estão fluindo de uma forma muito positiva, venho sendo titular durante todo o campeonato. A equipe vem muito bem e eu e minha família nos sentimos muito felizes aqui”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS