Fábio Sanches vive expectativa do dérbi: “Estou muito afim, temos tudo para fazer um grande jogo”

Foto: PontePress/DiegoAlmeida

Em boa fase na defesa alvinegra, o zagueiro Fábio Sanches vive a expectativa de disputar o primeiro dérbi da carreira neste domingo, no campo adversário. O defensor, que apesar de não ter atuado em um clássico já esteve em dois deles no banco alvinegro, sabe que o confronto é difícil, mas está confiante de que um bom resultado é possível.

“Dérbi é um jogo diferente, mexe com os clubes, com a cidade. Estou ansioso, muito a fim de jogar. Sabemos que é uma partida difícil, ainda mais na casa do oponente e sem nossa torcida, mas estamos confiantes por estar vindo em uma boa sequencia e temos tudo para fazer uma grande partida”, diz.

Fábio Sanches fala sobre a fase que está vivendo, de volta ao time e entre os titulares após um período afastado por lesão. “Ficar de fora é sempre muito difícil, a gente acaba sofrendo muito. Acompanhei a parte final do Paulista.de fora, toda aquela luta para permanecer, um momento difícil, e fiquei de fora dos dois primeiros jogos da série B.  Aí tive oportunidade de entrar, eram três jogos em praticamente uma semana e eu não estava totalmente bem fisicamente”, revela.

Ainda assim, o defensor mostrou serviço. “Foi um desafio muito grande, três bons jogos nos quais fizemos seis pontos. Se mantivermos isso, temos grande chance de acesso. Fiquei feliz pelo meu desempenho e o de todo time. Claro que vou procurar melhorar, evoluir, mas por tudo o que passei, tanto tempo sem jogar, fiquei contente com as boas atuações”, afirma.

Sanches comenta o fato apontado pelo treinador Hélio dos Anjos, de que a entrada dele também parece ter trazido uma maior segurança ao colega de zaga,  Thiago Oliveira. “O Thiago é um grande jogador, tem um futuro promissor e ainda vai crescer muito. Já fui um jovem como ele, então busco passar confiança, procuro conversar, chamar, ajudar dentro de campo, isso facilita pra nós dois, o entrosamento entre nós ajuda na hora do jogo”, acredita,

Ele conclui falando sobre a boa atuação da defesa alvinegra, que está entre as menos vazadas e, inclusive, não tomou nenhum gol no Majestoso, onde fez três dos cinco jogos da série B. “A marcação começa lá em cima, nossos números crescendo, como intensidade e tudo mais. Facilita a marcação mais alta, a bola chega mas mais mastigada, mas não vou tirar nosso mérito lá atrás, a gente treina e trabalha intensamente. Sabemos que boa equipe começa pela defesa, então vamos fazer o máximo para continuar não sofrendo muitos gols, porque quando você não é vazado, acaba achando também o caminho do seu gol e vencendo”, finaliza.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS