Eu vou com a Ponte: selecionados os dez finalistas que chutarão a gol no intervalo do jogo de quinta para disputar viagem a Buenos Aires; confira os nomes e frases

 

 

Não falou criatividade nas frases nem vontade para acompanhar a Macaca na partida de volta com o Vélez pelas quartas de final da Copa Total Sul Americana. Centenas de Torcedores Camisa 10+ se esforçaram para conquistar uma chance de disputar a viagem de ida e volta para duas pessoas a Buenos Aires e, dentre elas, dez foram selecionadas para a próxima etapa do concurso.

Uma comissão julgadora composta por integrantes da AAPP e da Ponte Preta Tour, responsável pela premiação, selecionou as dez melhores frases enviadas e os autores terão, agora, que comparecer ao primeiro embate entre as equipes, na noite de amanhã no Majestoso. Durante o intervalo, eles descerão ao campo e serão desafiados a balançar as redes de um gol de pequenas proporções. Quem errar será eliminado e o último a sobrar em campo marcando gols ganhará a viagem com direito a acompanhante.

Confira abaixo os nomes e as respostas dos dez finalistas para a pergunta: “Por que você deve acompanhar o jogo da Macaca na Argentina?”

 

ALBERTO CAETANO LUCCI:  “Porque se em Campinas meu coração bate mais forte e o corpo todo se arrepia, me imagino emocionado gritando o nome da Macaca em plena Argentina.”

ALEXANDRE AMBROSIO CARNEIRO: “Como uma onda no mar, como uma ave no ar, macaca querida ao teu lado sempre vou estar. Que venham os hermanos!!!”

KELLY DA SILVA LORENZI: “Sorri, chorei e vibrei, com a macaca na Argentina eu estarei!!!”

MICHELLE CESAR TRISTÃO: “Porque Ponte Preta é paixão, paixão pelo time, paixão pelo maridão. Fazemos 22 anos de casados porque nos conhecemos no estádio. Dançar tango na Argentina gritando macaca querida!!!”

MAURICIO FERREIRA DA SILVA: “Eu vou com a Ponte, pois dia 07/12 agora irá completar 16 anos que conheci minha esposa no jogo de acesso da "nega véia" em 1997, e nada melhor do que comemorarmos esta data acompanhando a nossa macaca querida que proporcionou esta união e esse amor incondicional que nos une conforme diz o poeta: "que seja eterno enquanto dure esse amor e que dure para sempre…"

RAMON MATIAS: “Porque já fiz muitas loucuras pela Macaca e quero fazer mais essa, nunca andei de avião, mas pela Ponte se for preciso ando até de ônibus espacial.”

CARLOS EURICO NEGRÃO DE OLIVEIRA: “Eu devo acompanhar o jogo da Macaca na Argentina… Porque eu quero ver de perto os argentinos dançarem um verdadeiro ORANGOTANGO ao som do hino da PONTE!!!”

BRUNO BARBINI: “Não sou mais pontepretano que ninguém, afinal somos todos filhos da pátria amada Ponte Preta e compartilhamos da mesma paixão! Presenciar o jogo na Argentina não se resume a apenas proporcionar alegria a uma única pessoa, mas sim em ter a honra de representar cada coração pontepretano que estará torcendo no Brasil e levar o nome da macaquinha para fora do país! Ser o escolhido me faria honrado e ciente da responsabilidade que estarei carregando, e tenho certeza que assim como todos que estarão por lá, irei fazer cada canto e gesto de apoio ao time e valor a nossa classificação à semi-final.”

BENEDITO WALDOMIRO MARAN: “Porque em terra de Maradona e Messi, Adrianinho é rei! E porque lá eu quero estar para ver com meus próprios olhos toda a Argentina "sambar" e a nossa macaca ganhar!”

ANDRÉ MOLLO PÉCORA: Porque não nasci com uma nota preta, mas com um coração alvinegro.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS