Com defesa forte, Ponte empata com a Chapecoense e traz um ponto para Campinas

 

Crédito obrigatório para a reprodução da imagem:

PontePress/RodrigoCeregatti

 

No dia em que o zagueiro Ferron completou 150 jogos com a camisa da Macaca, foi justamente o setor defensivo que se destacou. Enfrentando a Chapecoense em Santa Catarina, a Ponte Preta se defendeu muito bem e conquistou um ponto fora de casa ao manter o placar de 0 a 0 na Arena Condá em Chapecó. Com o resultado, a Macaca chega a 28 pontos ganhos e ocupa a 14ª colocação na tabela de classificação.

O próximo compromisso alvinegro será na quarta-feira (09), às 19h30, contra o Vasco da Gama no estádio Moisés Lucarelli pela vigésima quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Quando se enfrentaram pelo primeiro turno do nacional, a Macaca derrotou os cariocas por 3 a 0 com gols de Diego Oliveira, Tiago Alves e Borges jogando em São Januário.

O Jogo:

A partida começou com muito toque de bola no meio campo com as duas equipes se estudando em campo e valorizando a posse de bola. A primeira grande chance o jogo foi dos donos da casa que, aos 12 minutos, chegaram em um cruzamento da direita do lateral Apodi, Bruno Rangel cabeceou na trave e, no rebote, Tiago Luis mandou para fora. Com a marcação alvinegra funcionando muito bem e desarmando todas as tentativas da Chapecoense, Bruno Silva arriscou um chute de fora da área aos 28, mas parou nas mãos de Marcelo Lomba.

A primeira oportunidade alvinegra aconteceu três minutos depois, quando o atacante Diego Oliveira acertou um belo chute de fora da área obrigando o goleiro Danilo a fazer uma grande defesa. Aos 41 minutos Tiago Luis fez jogada individual pela direita, invadiu a área e chutou forte, mas encontrou Marcelo Lomba que fez uma bela defesa. Após um minuto de acréscimo, o primeiro tempo foi encerrado sem gols.

Na volta do intervalo, a Macaca se lançou mais ao ataque, povoando mais este setor do campo e conseguindo diversos escanteios. Porém, a primeira chance desta etapa foi da Chapecoense que aos 18 minutos ficou com um rebote na área com Tiago Luis que chutou forte, mas parou mais uma vez em Marcelo Lomba. Logo na sequência, Bruno Rangel recebeu cruzamento na área e cabeceou por cima do gol. 

Os donos da casa continuaram pressionando e aos 22 minutos Cleber Santana cobrou falta para fora. A Ponte Preta chegou com perigo aso 28, quando Diego Oliveira fez grande jogada individual pela esquerda e chutou cruzado, mas mandou pela linha de fundo. Um minuto depois, o treinador Doriva promoveu a primeira alteração no time com a entrada de Clayson no lugar de Cesinha.

Outra grande chance pontepretano aconteceu aos 33 minutos, quando chegou ao ataque em velocidade, Elton recebeu pelo meio e bateu na saída do goleiro adversário, que conseguiu fazer um desvio e mandar para escanteio. A segunda substituição na Ponte aconteceu aos 39, quando o zagueiro Fábio Ferreira entrou para fazer a sua estreia no lugar de Diego Oliveira.

Aos 45 minutos o lateral esquerdo Gilson foi até a linha de fundo e cruzou na área, o zagueiro Rafael Lima deu um carrinho para cortar, mas acabou mandando a bola na rede pelo lado de fora. Logo depois, Bady entrou no lugar de Felipe Azevedo na última mudança alvinegra. Sem mais lances de perigo, o jogo foi encerrado após três minutos de acréscimos.

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Elton, Juninho e Felipe Azevedo (Bady); Cesinha (Clayson) e Diego Oliveira (Fábio Ferreira). Treinador: Doriva.

Chapecoense: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Neto e Dener; Elicarlos, Bruno Silva (Maranhão), Cleber Santana e Camilo (Túlio de Melo); Tiago Luis (Flavinho) e Bruno Rangel. Treinador: Vinícius Eutrópio.
 
Data: 06/09/2015, domingo – 11 horas.
Local: Arena Condá, Chapecó/SC.
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG).
Auxiliar: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Rafael Trombeta (PR).
Cartões Amarelos: Gilson e Felipe Azevedo (Ponte Preta); Flavinho (Chapecoense).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS