Em jogo equilibrado, Ponte Preta é superada por São Paulo no Majestoso

 

A Ponte Preta recebeu o time do São Paulo na tarde deste domingo (15), em partida válida pela 10ª Rodada do Campeonato Paulista, e foi a equipe adversária quem saiu com a vitória. A Ponte abriu o marcador com Roni, no primeiro tempo, mas na segunda etapa o São Paulo virou o placar com Paulo Miranda e Alan Kardec.  

Com o resultado, a Ponte se manteve na segunda posição do Grupo B, com 18 pontos. O próximo adversário da Macaca será o Bragantino, em partida válida pela 11ª Rodada do estadual. O confronto será disputado domingo (21), às 18h30, em Bragança Paulista.

 

O Jogo

Quem chegou primeiro ao ataque foi a equipe da Ponte Preta. Após cruzamento na área do São Paulo, a zaga adversária afastou e a bola sobrou para Roni. O meia chutou forte, de primeira, mas a conclusão foi para fora.

Mas aos 10 minutos a Ponte conseguiu abrir o placar. Após belo cruzamento de Rodinei, a bola encontrou a cabeça de Roni, que concluiu sem chances para Rogério Ceni. Cinco minutos depois a Ponte teve a chance de ampliar. Em jogada pelo lado direito da Macaca, Rodinei tabelou com Rildo. O lateral chegou frente a frente com Rogério Ceni, concluiu com força, mas o goleiro sãopaulino fez boa defesa.

Aos 33 minutos o São Paulo chegou ao ataque através de bola parada. Boschilia arriscou cobrança de falta de longe, mas a bola foi tranquila nas mãos de João Carlos. Dois minutos depois a Ponte mais uma vez por pouco não ampliou o marcador. Bruno Silva carregou a bola a e arriscou chute de fora da área. A bola explodiu no travessão de Rogério Ceni. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo terminou com a Ponte em vantagem.

O segundo tempo começa e a Ponte é quem teve a primeira oportunidade e novamente com o Roni. O meia recebeu passe de Bruno Silva, invadiu a área e chutou cruzado. Rogério Ceni fez a defesa. Aos 12 minutos a Macaca teve mais uma grande chance de ampliar o placar. Rildo deu passe preciso para Roni, que na pequena área driblou o marcador e chutou. A bola saiu fraca e Rogério fez a defesa.

A Ponte continuou com a pressão e Rildo, após receber passe de Cajá, entrou na área e chutou colocado. A bola ganhou altura e passou por cima da meta adversária. Minutos depois o São Paulo teve falta frontal ao seu favor. Thiago Mendes fez a cobrança com precisão e João Carlos fez grande defesa, espalmando para escanteio. Na sequência do lance, após cruzamento vindo da esquerda, Paulo Miranda, de voleio, empatou o marcador.

Aos 33 minutos a Ponte teve a chance de ficar novamente me vantagem e outra vez com o Roni. Após cruzamento vindo do lado direito da Macaca, a bola encontrou Roni que chutou no contrapé de Rogério. A bola passou rente a trave do São Paulo.

Cinco minutos depois, porém, foi o São Paulo quem conseguiu fazer o segundo gol. Ewandro fez o cruzamento pelo lado esquerdo e a bola encontrou o peito de Alan Kardec.  

 

Ficha Técnica:
 
Ponte Preta: João Carlos, Rodinei, Tiago Alves, Pablo e Rodrigo Biro, Bruno Silva, Fernando Bob, Renato Cajá (Thomás) e Roni (Fágner); Rildo (Wellington) e Biro Biro. Técnico: Guto Ferreira.

 

São Paulo:  Rogério Ceni, Auro, Edson Silva, Lucão e Paulo Miranda, Hudson (Rodrigo Caio), Thiago Mendes e Boschilia, Cafú, Ewandro e Ala Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.
 
Data: 15/03/2015, domingo – 16 horas.
Local: Moisés Lucarelli, Campinas-SP.
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Auxiliares: Bruno Salgado Rizo e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Cartões Amarelos: Tiago Alves, Fernando Bob, Rodrigo Biro e Biro Biro (Ponte Preta). Boschilia, Áuro e Hudson (São Paulo).

Gols: Roni (Ponte Preta). Paulo Miranda e Alan Kardec (São Paulo).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS