Em jogo de oito gols, Ponte Preta atua bem, mas é superada por Coritiba fora de casa

Em uma partida cheia de alternativas, a Ponte Preta foi derrotada pelo time do Coritiba pelo placar de 5 a 3. A equipe visitante chegou a estar em vantagem por duas vezes no marcador, mas o time paranaense conseguiu a virada.

 

O próximo compromisso da equipe, que está com dez pontos na classificação do Campeonato Brasileiro, já é no próximo domingo (04), às 16 horas, no Moisés Lucarelli, contra o Fluminense. A partida é válida pela 11ª rodada da competição.

 

O Jogo

 

O pimeiro lance de perigo do jogo foi da Ponte Preta. Chiquinho cobrou falta pelo lado direito, William desviou e o goleiro Vanderlei fez grande defesa. A Macaca abriu o placar na sequencia. Após cobrança de escanteio, Diego Sacoman cabeceou e o centroavante William fez o gol, após rebote do arqueiro do Coritiba.

 

Aos oito minutos, o Coritiba levou perigo após cobrança de escanteio de Lincoln. Chico acertou cabeçada e o goleiro Roberto fez boa defesa. Aos 20 minutos, Chiquinho chegou bem no ataque pelo lado direito e finalizou de canhota. Vanderlei desviou a bola para escanteio.

 

Aos 23 minutos o Coritiba conseguiu o empate com Lincoln. Vitor Ferraz cruzou pela direita e o meio-campista acertou cabeçada sem chances de defesa para Roberto. Três minutos depois o time da casa conseguiu a virada com Robinho. Alex cobrou falta, Chico cabeceou a bola na trave e no rebote a bola sobrou para o meia que finalizou para fazer o segundo gol da equipe.

 

Aos 34 minutos, Rildo fez boa jogada e tocou para Ramirez. O peruano mandou a bola por cima do gol de Vanderlei. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo terminou com o Coritiba em vantagem.

 

O segundo tempo começou e a Ponte conseguiu o empate com Baraka. Antes do primeiro minuto do marcador, Ramirez entrou na área pelo lado esquerdo e passou para o volante, que finalizou sem chances para o goleiro rival. A Ponte conseguiu a virada no placar novamente com o William. Ramirez cobrou escanteio, Sacoman cabeceou e o centroavante desviou no fundo da rede do Coritiba.

 

Aos 10 minutos, porém, a equipe mandante empatou após cobrança de Alex, que colocou sem chances para Roberto. Três minutos depois o Coritiba virou o jogo novamente. Lincoln arriscou de fora da área, a bola desviou em Magal e acabou enganando o goleiro pontepretano.

 

Aos 25 minutos a Ponte chegou bem no ataque, após trocas de passes em que William deixou Rildo em boas condições. Bem marcado, o atacante não conseguiu finalizar. Aos 28 minutos novamente Rildo teve a chance de empatar o marcador. O atacante chutou forte, após passe de Ramirez, mas Vanderlei fez grande defesa. Em cobrança de escanteio na sequência, Chiquinho chutou de primeira e a bola bateu na rede pelo lado de fora.

 

Aos 33 minutos a Ponte teve a chance de empatar em jogada de contra-ataque. A bola chegou a Giovanni, que chutou colocado perto da trave esquerda de Vanderlei. Minutos depois o Coritiba teve a chance de ampliar com Bill. O atacante finalizou e Roberto fez excelente intervenção. Aos 43 minutos, Robinho marcou mais um gol para o Coritiba. O meia recebeu passe de Lincoln, e livre de marcação chutou forte no gol de Roberto. Final de jogo, 5 a 3 para o Coritiba.

 

Ficha Técnica:

 

Ponte Preta: Roberto; Advíncula (Alemão), Ferron, Diego Sacoman (César) e Uendel; Baraka, Ramirez, Magal (Giovanni) e Chiquinho; Rildo e William. Treinador: Paulo Cesar Carpegiani.

 

Coritiba: Vanderlei; Vitor Ferraz, Leandro Almeida, Chico e Ibérbia (Diogo); William, Robinho, Bottinelli (Geraldo), Alex (Gil) e Lincoln; Bill. Treinador: Marquinhos Santos

 

Data: 31/07/2013, quarta-feira – 21 horas

Local: Estádio Couto Pereira, Coritiba-PR.

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)

Auxiliares: Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA) e Jose Raimundo Dias da Hora (BA)

Cartões Amarelos: Ferron, Rildo, Ramirez  e Baraka(Ponte Preta) e Lincoln e Geraldo (Coritiba).

Gols: William[2] e Baraka (Ponte Preta) e Alex, Lincoln[2] e Rafinha[2] (Coritiba).

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS