Em decisão por pênaltis, Ponte é superada por Coritiba e entra na Copa Sul-Americana

A equipe da Ponte Preta recebeu o time do Coritiba na noite desta quinta-feira (23) e acabou desclassificada da Copa do Brasil. A Macaca venceu no tempo normal pelo placar de 2 a 1 e com o resultado a decisão foi para as penalidades máximas. Nas cobranças, o Coritiba venceu por 3 a 1. Com a desclassificação, o time campineiro entra na disputa pela Copa Sul-Americana.

Agora a Ponte volta suas atenções ao Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (26), a Macaca recebe o Internacional, às 16h, no Majestoso. A partida é válida pela 15ªRodada da competição.

 

O Jogo

A primeira oportunidade clara de gol foi do time do Coritiba logo no início da partida. Thiago Galhardo invadiu a área alvinegra e chutou cruzado. Marcelo Lomba fez boa defesa. Logo após, o time paranaense teve chance mais perigosa e em cabeceio de Alan Santos acertou a trave esquerda de Lomba, que afastou o perigo na sequencia.

A Ponte buscou atacar e ditar o ritmo do jogo e em uma das suas chegadas ao ataque, Josimar arriscou arremate de fora da área e levou perigo ao gol do Coritiba. Minutos depois, Josimar criou ótima oportunidade, ao se desvencilhar da marcação pelo lado direito e fazer cruzamento preciso na cabeça de Borges. O camisa 9 finalizou firme, mas a bola ganhou altura e passou por cima do travessão de Vaná. Sem mais lances de perigo, o primeiro tempo terminou empatado.

O segundo tempo começou e a Ponte abriu o placar logo aos seis minutos de jogo. Após lançamento de Josimar para Keno, que entrou no lugar de Vitor Xavier no intervalo e encobriu Vaná, abrindo o placar para a Macaca. A pressão inicial da etapa final continuou e dois minutos depois a Macaca ampliou o placar. Desta vez Keno foi o garçom e deu passe preciso para Cesinha empurrar a bola para o fundo do gol do Coritiba.

O Coritiba chegou com perigo aos 26 minutos com Rafhael Lucas. O atacante do Coxa invadiu a área e chutou cruzado, mas Lomba fez grande defesa. Aos 33 minutos Fernando Bob por pouco não fez um dos gols mais bonitos de sua carreira. O volante carregou a bola pela linha lateral no lado direito do ataque, se livrou da marcação de três jogadores, invadiu a área e finalizou. Vaná fez boa defesa e jogou a bola para escanteio.

Aos 45 minutos o Coritiba diminuiu o marcador com Evandro. Após cruzamento pelo lado esquerdo alvinegro, o atacante desviou de cabeça e completou no fundo do gol de Lomba. Poucos minutos depois, a partida se encerrou e com o placar a decisão foi para os pênaltis.

Nas cobranças, o primeiro a bater pela Ponte foi Fernand Bob, que acertou o travessão. Pelo Coritiba, Ivan bateu e converteu. Na vez de Josimar, o volante chutou forte e fez. Rafhael Lucas também marcou e pôs o Coxa em vantagem. O terceiro a cobrar pela Macaca foi Élton, e o goleiro Vaná acertou o canto e defendeu. Thiago Galhardo também converteu sua cobrança. Pela Ponte, Juninho chutou por cima do gol e o time paranaense avançou na competição.

 

 

Ficha Técnica:

 

Ponte Preta: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Juninho, Fernando Bob, Josimar, Vitor Xavier (Keno) e Cesinha (Élton), Biro Biro e Borges (Leandrinho). Técnico: Guto Ferreira.

Coritiba: Vaná, Norberto (Ivan), Luccas Claro, Leandro Silva, Henrique, Alan Santos (Negueba), João Paulo, Thiago Galhardo e Rodolfo, Giva (Evandro) e Raphael Lucas. Técnico: Ney Franco

 

Data: 22/07/2014, quarta-feira – 22h.

Local: Estádio Moisés Lucarelli – Campinas/SP

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima – RS 

Auxiliares: Marcelo Bertanha Barisson – RS e José Eduardo Calza – RS

Cartões amarelos: Renato Chaves, Keno, Biro Biro e Josimar (Ponte Preta); Rodolfo, Henrique, Leandro Silva e Alan Santos (Coritiba).

Cartão vermelho: Keno (Ponte Preta).

Gols: Keno e Cesinha (Ponte Preta). Evandro (Coritiba).

Público: 3.086

Renda: R$43.660,00

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS