Elenco finalista se reapresenta na tarde desta quinta-feira; Diego Sacoman comemora vaga na decisão, mas quer se sagrar campeão pela Macaca

 

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

A classificação para a vaga na final da Copa Total Sul Americana está sendo muito comemorada, mas a Ponte Preta já tem treino na tarde desta quinta-feira (28). Os atletas que atuaram a maior parte do tempo diante do São Paulo na noite de ontem farão trabalho regenerativo a partir das 17 horas – o atendimento à imprensa será às 16h30 – e o zagueiro Diego Sacoman ressalta como foi importante para o grupo essa classificação. 

“Com esse passo importante que nós demos, para nós melhorou bastante o vestiário. É o momento para comemorarmos. Falei no jogo lá no Morumbi que nós não tínhamos conquistado nada e hoje, sim, nós podemos dizer que estamos na final. Foi com muita garra e determinação de todos os jogadores. Todos estão de parabéns por esta conquista e agora é trabalhar e ver no jogo desta noite quem vamos pegar na final”, afirma.

O zagueiro diz qual foi, na opinião dele, a receita de chegar até a decisão da competição. “Foi vontade, determinação e trata-se do sonho que todos nós tinhamos. Não era um sonho individual, era um sonho em conjunto. O Jorginho passou isso para nós e fomos em busca. Cada jogo era uma decisão, desde contra o Criciúma”, afirma.

Ele acrescenta: “Entramos na competição para vencer e fomos com êxito em cada jogo. Comemoramos essa chegada na final, histórica para a PontePreta, mas não pára aqui. Queremos mais. Vamos buscar o título.” O confiante Sacoman diz ainda que a equipe tinha noção de como seria a partida de ontem graças a orientação do técnico Jorginho.

“O Jorginho é um cara muito experiente e passou para nós tudo o que poderíamos enfrentar no jogo. Ele nos contou que iríamos ser pressionados nos 20 primeiros minutos e isso aconteceu. Soubemos suportar e depois o jogo assentou. Eles precisavam se lançar ao ataque, mas enalteço essa vitória nossa de eliminar o São Paulo, pois não tiramos qualquer time e sim o atual campeão da Sul-Americana. Agora é comemorar, mas já pensar no Brasileiro, pois temos um jogo em casa e precisamos vencer”, diz o atleta.

Sacoman também faz questão de enaltecer o quanto tem sido relevante o apoio do torcedor nos jogos da equipe. “A torcida da Ponte sempre nos apoiou. Mas quando ela é provocada nós sentimos o que eles podem fazer. Ontem estava gostoso de jogar pela torcida, me fez correr mais por eles. Sabemos o quanto é importante para eles estarem aqui e comemorar essa classificação. Esperamos que no próximo jogo tenhamos casa cheia, porque o torcedor acredita em nós”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS