Ponte enfrenta Figueirense e Eduardo Baptista quer vitória e manutenção do bom momento da equipe

Crédito obrigatório para reprodução:
Fabio Leoni/Ponte Press

 

A Ponte Preta enfrenta o Figueirense na noite desta quarta-feira no Orlando Scarpelli em Florianópolis, às 19h30, pela terceira fase da Copa do Brasil. Em momentos distinto no Campeonato Brasileiro, a equipe da casa terá um novo comandante no banco de reservas, já que saiu Vinicius Eutrópio e entra Argel Fucks. Já a  Macaca vem embalada por uma sequência positiva no Brasileirão. onde já são quatro jogos de invencibilidade com um empate e três vitórias. Para Eduardo Baptista, a falta de tempo para treinar e recuperar é uma dificuldade a ser superada, mas que a equipe não vai a passeio para Florianópolis: a meta é no mpinimo encaminhar a classificação para a próxima fase, que será decidida na próxima quarta no Majestoso.

“O desgaste e a falta de tempo para recuperar e treinar são complicados. Todos os times passam por isso. Para compensar usamos vídeos da última partida para analisar os erros. Hoje temos mais um jogo pesado e é virar a chave mesmo. Outra competição, outra maneira de jogar e encarar. O gol fora é importante e não levar é mais importante ainda. Vamos manter esse bom momento para continuar a nossa caminhada. Conheço o time do Figueirense e o Argel, sei a maneira que ele gosta de jogar. Independentemente do time que o Figueirense coloque, vai ser complicado. É um time forte dentro do seu estádio, com uma pegada muito forte. Temos que ter muita atenção”, destacou.

Baptista falou sobre o treino fechado para a imprensa, a recuperação de Felipe Azevedo e o foco total na Copa do Brasil. “Os treinos fechados fazem parte. É uma postura que você adota para não dar informação. Hoje a informação corre muito rápido e nos detalhes podemos surpreender. Sempre que houver dúvida, a gente fecha para não facilitar para o adversário. O Felipe ainda sente dor, mas está se recuperando. Em breve deve estar de volta 100% recuperado”, afirmou.

O comandante alvinegro explica que a Ponte irá priorizar as duas competições até o limite do elenco. E deixa claro a prioridade no Brasileiro. “Em setembro é a fase do campeonato mais difícil e decisiva. A Ponte tem um elenco bom para disputar o Brasileiro, mas é muito difícil disputar dois campeonatos ao mesmo tempo. Se tiver que priorizar alguma coisa é o Brasileiro. Rende dinheiro, tem visibilidade, dá vaga para Libertadores. Enquanto der para ir com força máxima nas duas competições, nós vamos priorizar os dois, mas se tiver que escolher em algum momento, a prioridade é o Brasileiro”, finalizou.

A partida de logo mais tem transmissão na TV ao vivo pela Fox2 e pelas rádios esportivas de Campinas (FM 99,1 e AMs 1170 e 870)

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS