Eduardo Baptista lamenta primeiro tempo abaixo da Ponte, mas considera resultado justo pela segunda etapa da Macaca e avalia de forma positiva mais um ponto somado fora de casa

 

Foto: PontePress/ThiagoToledo

O técnico Eduardo Baptista avaliou o desempenho da Ponte na tarde deste domingo (18), após o empate por 2 a 2 contra a Chapecoense, em Chapecó/SC. Para o técnico a Macaca pecou pelo primeiro tempo apático, enfatizou que é algo que não pode acontecer, mas elogiou o desempenho dos seus comandados na etapa final.

 

“Tivemos um primeiro tempo muito ruim. Para se ter um sabor bom do resultado você tem que entrar ligado os 90 minutos. Era um jogo extremamente difícil e fica um resultado justo. Fizemos um segundo tempo muito bom, para equilibrar com o primeiro que foi ruim. É ter atenção, porque todas as partidas são decisões e um outro início como esse faz com seja difícil de recuperar”, afirmou o técnico, que destacou erros e acertos.

 

“Marcamos com o olho, não agredimos e isso não pode acontecer. Já no segundo tempo adiantamos a marcação, fizemos um jogo de mais pressão, criamos chances, empatamos o jogo e talvez, com um pouco mais de sorte, poderíamos ter saído com um resultado melhor. Mas pelo jogo todo foi justo”, reforçou.

 

Apesar da avaliação, Eduardo considerou interessante a soma de mais um ponto no Brasileirão, ainda mais atuando na casa do adversário. “Chapecoense e Ponte Preta possuem mandos muito fortes. Vir na cada deles e conquistar o empate é um resultado bom. O campeonato é longo e um ponto é importante, ainda mais aqui em Chapecó, que é sempre muito difícil”, ressaltou o treinador, que explicou alterações que fez ao longo da partida contra os catarinenses.

 

“Quando empatamos o jogo colocamos atletas que poderiam fazer mais essa chegada pelo fundo e realizar cruzamentos. O Wellington Paulista tem uma presença de área boa, assim como o Roger, e sabíamos que é muito difícil entrar na defesa da Chapecoense por dentro. Por isso a tentativa de criar mais jogadas laterais e próximas da área para tentar fazer o gol”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS