Doriva comemora vitória em primeiro jogo no comando, mas espera maior evolução da equipe

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

A tarde de domingo (9) foi importante para a Ponte Preta, que retomou o caminho das vitórias, mas também marcante para o técnico Doriva, que estreou no comando da alvinegra vencendo o Flamengo. O treinador se diz feliz com a primeira vitória do time sob o seu comando.

“É sempre muito difícil enfrentar um adversário do nível do Flamengo. Eles vinham de bons resultados, não haviam perdido ainda com o Guerrero e nós tivemos os nossos méritos em fazer um jogo tático, bem posicionado, com uma equipe muito aguerrida. Um espirito de competitividade que aflorou. A confiança vai voltar mais rápido depois dessa vitória, foi uma vitória fundamental. É sempre muito bom estrear vencendo e estou muito feliz”, afirma Doriva, que elogia o trabalho tático desenvolvido.

“Eu gostei muito do posicionamento. Mas ainda vamos encaixar essa leitura tática. Nesse jogo, em que nosso adversário é de alto nível, ficávamos atrás da linha da bola. Em outros jogos temos que fazer essa bola circular. As chances foram equiparadas. O Campeonato Brasileiro é decidido em detalhes e defendemos o resultado, que era muito importante”, explica.

Sobre a partida contra o Avaí na próxima quinta-feira (13), o treinador espera dificuldade, mas acredita na evolução do time. “É outro jogo complicado. Obviamente que vamos tentar nos impor. Estaremos jogando em casa. E nestes dias que temos para trabalhar, vamos procurar atuar para que a equipe tenha uma marcação adiantada e crie mais chances”, diz.

Doriva dedica a vitória para a torcida, para o clube, que é aniversariante, e para os pais. “A torcida é fundamental para nós. Ela nos encorajou. Encheu o Moisés e nos ajudou nos momentos difíceis. A Ponte faz 115 anos nesta terça-feira e essa vitória é para eles. E também para os pais. Esperamos que na quinta-feira voltem a nos apoiar, porque a presença deles é fundamental para a nossa equipe”, destaca.

O treinador também ressalta o empenho do elenco.  “Eu achei que tem muita coisa do Guto ainda. O que tentei fazer foi por um pouco a minha cara, mas ainda falta muito. Mas conseguimos resgatar a alegria, a motivação, fazer com que eles fossem aguerridos e nisso eles foram exemplares. Foi o diferencial para conquistarmos a vitória”, completa.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS