Diretoria da Macaca e Futebol Sustentável fazem megapromoção inédita na série A pra lotar o Majestoso: garrafas PET valerão ingressos pra dois jogos seguidos da Macaca, contra Vitória e Santa Cruz; troca começa nesta segunda (10).

Se entrar em uma partida da Ponte no Paulistão com apenas duas garrafas PET foi uma boa, imagine então em um jogo do Brasileirão da série A. Ou melhor: em dois! De forma inédita,  a pedido da Ponte Preta a Federação Paulista de Futebol vai promover pela primeira vez em um Campeonato Brasileiro da elite a promoção “Futebol Sustentável”, na qual o torcedor troca duas garrafas PET por um ingresso, nas próximas duas partidas da Ponte Preta no Majestoso.

 

“A Ponte Preta quer voltar a ter uma boa sequência na competição e para isso a presença do torcedor em peso no estádio é fundamental. Conversamos com a Federação Paulista que foi muito receptiva e concordou em fazer a promoção para os jogos contra o Santa Cruz e o Vitória. Serão cinco mil lugares na arquibancada central em cada partida. E estamos convidando o torcedor a já trazer quatro garrafas de uma vez pra já pegar ingressos pra ambos os jogos a partir desta segunda-feira à tarde”, diz o vice-presidente Giovanni Dimarzio.

 

A troca começa às 13 horas desta segunda (10) nos portões principais do Majestoso e o torcedor que levar quatro garrafas PET já sairá na mão com um ingresso para o jogo de quarta (13) contra o Vitória e outro para a partida de domingo (16) contra o Santa Cruz. Os ingressos nas cabeceiras do estádio também estarão sendo vendidos a preços mais baratos, R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

 

“Fizemos esta promoção no Paulista duas vezes com a Ponte Preta, um clube muito querido em todo o Brasil, e quando fomos procurados pela diretoria alvinegra com a proposta de fazermos a ação no Brasileirão, de maneira inédita, ficamos muito felizes em poder atender a este clube afiliado da Federação Paulista que tanto se destaca em nosso estado. Mais uma vez, a ideia é beneficiar o torcedor e ao mesmo tempo tirar do meio ambiente estas garrafas, que inclusive são um ícone do mosquito da dengue, pois servem de criadouros em muitos lugares, e reciclá-las”, diz Edivaldo Ferraz, diretor geral do Futebol Paulista Sustentável da FPF.

 

Ele explica que a Federação também paga R$ 5,00 para a Ponte para cada ingresso que for trocado por garrafas e todo o material recolhido será vendido e o dinheiro integralmente destinado ao projeto Vulcão (www.projetovulcao.com.br), que ajuda 170 de crianças carentes. “Com isso o Futebol Sustentável promove entretenimento, ação social e ação ambiental de uma só vez”, diz.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS