Camisa 9 da Macaca, Diego Oliveira comemora titularidade, mas respeita concorrência no ataque e diz que foco é ajudar a Ponte em qualquer circunstância

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/FábioLeoni

Ele chegou sem muito alarde, mas conquistou sua vaga no time titular com empenho, trabalho e gols. Diego Oliveira, o atual camisa 9 sob o comando do técnico Guto Ferreira, apesar da titularidade se mostra humilde e foca apenas em fazer seu papel ainda melhor.

“Apesar de eu ter vindo como uma aposta, eu não vim aqui à toa. Se cheguei até o clube é porque eu tive condições. Sobre o Borges nem precisamos falar do currículo dele. Estamos procurando aproveitar as oportunidades e em qualquer momento ele pode entrar no time também. Estou focado e busco ajudar, fazendo meu papel para ajudar a Ponte Preta”, afirma Diego, que reforça o quanto está se sentindo feliz com o momento vivido no clube.

“É uma satisfação muito grande. Estou conseguindo fazer meu trabalho, mas não ganhamos nada. Fico feliz de estar jogando, mas se não estivesse eu vou estar sempre pronto para ajudar a Ponte. Claro que queremos estar sempre jogando, mas o importante são as vitórias continuarem acontecendo”, diz o jogador, que valoriza todos do elenco pelo bom momento da Macaca no Brasileiro.

“Sabemos que cada jogador que está aqui é importante, até pelo início que tivemos. E vai ser até o fim do campeonato. Vamos procurar manter o foco que estamos tendo até agora e com a mesma pegada. A tendência ficar cada vez mais difícil. Até porque os adversários estão acompanhando nosso time. Mas vamos brigar para estar sempre na parte de cima da tabela”, acredita o atacante.

Diego avalia que o amistoso contra o Strikers, no sábado (20), será importante para a equipe não perder muito o ritmo de competição. “A campanha está sendo muito boa. Todos estão empenhados, focados, temos aproveitado as oportunidades e estamos indo muito bem. Agora com essa parada, pelo ritmo que vínhamos tendo é complicado pausar assim,  mas ao mesmo tempo vai ter esse amistoso no sábado e vai ser como se estivéssemos jogando. Acredito que não teremos muito problemas”, observa.

O atleta diz que conta sempre com o apoio da nação alvinegra.  “A torcida nos apóia o tempo todo. Torcedor da Ponte é sempre fiel. Infelizmente não conseguimos a vitória diante deles ainda, mas sabemos que serão muito importantes durante todo o campeonato”, completa.

 

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS