Ponte se reapresenta na segunda e Dado Cavalcanti ressalta que resultado poderia ter sido melhor em Goiânia, mas garra da equipe tem que ser valorizada

Crédito obrigatório para reprodução da foto:
PontePress/GuilhermeDorigatti

O elenco pontepretano chega a Campinas neste domingo e se reapresenta às 15h3 de segunda (28), no Majestoso, para iniciar os treinamentos visando ao confronto com a Luverdense, às 16h20 do próximo sábado no Majestoso.  Ontem a equipe conquistou um empate fora de casa contra o Atlético Goianiense e o técnico Dado Cavalcanti gostou da garra do time, mas não do placar.

Para o treinador, a Ponte Preta merecia ter saído de Goiânia com um resultado melhor. “Acho que merecíamos a vitória. Tivemos a maior parte da posse de bola no campo do adversário. É claro que saimos atrás no primeiro tempo e também no segundo, mas buscamos o resultado e poderíamos ter vencido”, afirma o treinador.

Este foi o segundo empate do time no Brasileiro da série B, algo que na opinião de Dado não reflete a evolução que o time vem demonstrando em campo. Ele ressalta o quanto a equipe buscou sair com os três pontos ontem, principalmente com oportunidades criadas ao longo da partida.

“Agredimos muito mais. Tivemos mais chances, mais posse de bola, mas infelizmente em campo não tivemos a competência para finalizar mais e sairmos vitoriosos. Por essas circuntâncias que analiso, eu acho que merecíamos uma sorte melhor”, completa o técnico.

O foco agora é vencer a primeira partida na próxima rodada, em casa, para consolidar o bom momento do time e tentar entrar no G4 pela primeira vez na competição, que terá uma pausa após a décima rodada para a Copa do Mundo. No entender do treinador, o ideal é que a Macaca esteja muito bem colocada no momento da parada, para que possa fazer quaisquer ajustes e retornar ainda melhor rumo ao objetivo de conquistar o acesso para a série A.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS