Coração Valente e Alvinegro: Artilheiro Washington visitou a Ponte na tarde desta quinta-feira e relembrou com orgulho sua passagem pelo clube

 

Na tarde desta quinta-feira (05) a Ponte Preta teve a visita ilustre de um dos principais atacantes de sua história: Washington, o Coração Valente, foi até o Moisés Lucarelli reencontrar velhos amigos do clube. Atualmente exercendo o cargo de gerente de futebol do Caxias-RS, o ex-atleta relembrou com carinho seu tempo de Macaca.

“A emoção é a mesma. Estou até um pouco nervoso aqui. Sempre relembro os grandes momentos que tive aqui na Ponte Preta, visto a camisa e me orgulho. É arrepiante. É tanta história que construímos aqui na cidade, no campo, com a torcida da Ponte, que tenho muita saudade. Fico feliz de sempre ser bem recebido e saber que a história foi bem construída”, afirma Washington.

Pela Ponte Preta, sua melhor temporada foi em 2001. No ano, o centroavante foi artilheiro do Paulistão (16 gols), da Copa do Brasil (12 gols) e o segundo maior goleador do Brasileirão (18 gols), atrás apenas de Romário. Além disso, no mesmo ano, foi convocado para a Seleção Brasileira, nas Eliminatórias para a Copa de 2002 e também para a Copa das Confederações. Foram dez jogos pelo Brasil e três gols marcados. São tantos momentos importantes, que para ele fica difícil pontuar apenas um que o marcou pela alvinegra.

“Um é difícil de lembrar. São muitos momentos que passei aqui. De repente um gol no dérbi. O último gol com a camisa da Ponte, que foi contra o Palmeiras, enfim, são muitos momentos marcantes que vivi aqui. É difícil selecionar apenas um”, diz o ex-atleta, que conta sempre estar de olho nas campanhas da Ponte.

“Estou sempre acompanhando e torcendo. Fiquei muito feliz, e até o ano passado, quando a Ponte subiu para a primeira divisão, eu postei nas redes sociais parabenizando o clube, o time. Estou sempre na torcida, acompanho os jogos e isso faz com que aquele vínculo não se acabe nunca. E é recíproco. Sou sempre bem recebido aqui, fazem questão que eu me sinta em casa. A torcida gosta de mim e isso é importante. Não tem jeito. Minha história vai ficar marcada aqui e espero que ela fique nas cabeças das pessoas por muito tempo ainda”, completa o Coração Valente.

Notícias Recentes

REDES SOCIAIS